No último embate da temporada, CRB e CSA não saem do 0 a 0

No último embate da temporada, CRB e CSA não saem do 0 a 0

Por Redação | Edição do dia 1 de dezembro de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Alagoano


CRB e CSA não saem do 0 a 0 no Rei Pelé. Foto: Augusto Oliveira/Ascom CSA

No último clássico de 2020, CRB e CSA fizeram um jogo interessante, sobretudo no segundo tempo. Mas na hora de decidir, nenhuma das equipes conseguiu ser eficiente. 0 a 0 no placar e o sonho do acesso cada vez mais distante para o Galo.

Com a bola rolando, foi o Azulão quem quis propor o ritmo de jogo. Marcou alto no campo de ataque, mas não conseguiu penetrar na defesa regatiana. A proposta do CRB foi apostar nos contra-ataques.

Na primeira chegada alvirrubra, Diego Torres achou Pablo Dyego, que disparou pelo lado direito e bateu cruzado para a defesa tranquila de Matheus Mendes.

Já aos 43 minutos, um lance que deu o que falar. O argentino bateu uma falta que desviou e sobrou para Robinho, que chegou a abrir o placar. Depois de muita discussão, o bandeirinha marcou impedimento, mas os jogadores do Galo reclamaram que o desvio tinha sido da defesa azulina.

Na segunda etapa, o CSA criou uma chance logo na volta do intervalo. Rodrigo Pimpão bateu cruzado, mas sem muito perigo. Depois, o time marujo caiu de rendimento.

O CRB começou a ir pra cima e criou três boas chances. A primeira com Diego Torres. A segunda e mais clara com Igor Cariús. Depois da cobrança de escanteio o lateral finalizou de dentro da área e deu muito trabalho para Matheus Mendes, que fez uma boa defesa.

Igor ainda deu mais dor de cabeça e o CSA só apareceu aos 31, com o volante Yago. Ele recebeu em boa condição na área, mas chutou em cima de Gum. Aos 43, em bola rebatida, Marquinho tentou de bicicleta, mas errou.

Com o placar, o CRB estacionou na 11ª colocação, se distanciando do G-4. Já o CSA continua em sexto, a dois pontos do Juventude, quarto colocado. Galo e Azulão voltam a campo no sábado, para enfrentar Sampaio Corrêa e América-MG, respectivamente.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados