Nº de casos no mundo se aproxima de meio milhão; EUA passam Espanha

Itália é o país com o maior número de mortos: 8.215

Nº de casos no mundo se aproxima de meio milhão; EUA passam Espanha

Itália é o país com o maior número de mortos: 8.215

Por | Edição do dia 27 de março de 2020
Categoria: Coronavírus | Tags: ,,,,,


Passou de 500 mil o número de pessoas infectadas no mundo inteiro com o novo coronavírus. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, até esta quinta-feira (26) 523.163 pessoas testaram positivo para a Covid-19, doença provocada pelo vírus. São 23.639 mortos e 122.059 recuperados.

A Itália é o país com o maior número de mortos: 8.215. Além disso, está perto de passar a China em infectados: chegou a 80.589, contra 81.782 do país asiático.

Com mais de 82 mil casos, os Estados Unidos se tornaram nesta quinta-feira (26) o país com mais casos de Covid-19 no mundo, superando a Itália e a China.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em entrevista coletiva que o aumento dos casos confirmados no país se deveu à ampliação dos exames para os pacientes norte-americanos.

O Senado americano aprovou, por ampla maioria, o pacote de estímulos de US$ 2 trilhões para aliviar as consequências da pandemia sobre a economia do país. O plano deverá auxiliar trabalhadores, empresas e o sistema de saúde.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse que a verba que os EUA direcionaram para o coronavírus não ajuda o governo estadual a recuperar as receitas perdidas, apenas disponibiliza 5 bilhões de dólares para ajudar NY com as despesas do coronavírus.

Espanha chega a 4 mil mortos

A Espanha registrou 655 mortes nas últimas 24 horas e chegou a 4.145 mortes relacionadas ao novo coronavírus, ficando apenas atrás da Itália. São mais de 56 mil contaminados e quase 3.700 pessoas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) ao redor do país. Segundo o último balanço do Ministério da Saúde, 8.578 pessoas tiveram o vírus detectado entre quarta e quinta-feira.

O Real Madrid cedeu seu estádio, o Santiago Bernabeu, para que sirva de centro de arrecadação de material de saúde para lutar contra a pandemia do coronavírus, informou nesta quinta-feia (26) o clube espanhol.

“O estádio Santiago Bernabéu se tornará um espaço adaptado para armazenar as doações de insumos sanitários destinados a lutar contra esta pandemia”, informou o Real Madrid, numa iniciativa em colaboração com o Conselho Superior de Esportes (CSD) espanhol.

Embora seja alarmante, o número de mortes de um dia para o outro diminuiu pela primeira vez desde a última semana, com 83 mortes a menos do que quarta. Médicos e outros profissionais e autoridades de saúde têm trabalhado incansavelmente para controlar a epidemia em hospitais que têm operado com sua capacidade máxima.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados