Nenhum óbito foi registrado nas rodovias alagoanas neste feriado de Dia dos Finados

De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), pelo terceiro feriado consecutivo não houve mortes nas rodovias alagoanas

Nenhum óbito foi registrado nas rodovias alagoanas neste feriado de Dia dos Finados

De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), pelo terceiro feriado consecutivo não houve mortes nas rodovias alagoanas

Por Redação | Edição do dia 3 de novembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,


Foto: Divulgação

Pelo terceiro feriado consecutivo não houve registro de mortes nas estradas alagoanas neste último feridão de Finados, informou o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). Apesar disso, nove acidentes nas estradas ainda foram registrados. Em comparação com o feriado do ano passado, houve redução de 25% no número de acidentes de trânsito nas rodovias alagoanas e redução de 22,22% no número de vítimas lesionadas nos acidentes.

O BPRv registrou três acidentes no sábado, 31, cinco acidentes no domingo, 1, e um acidente na segunda-feira, 2. No sábado, apenas uma vítima teve escoriações; no domingo foram seis vítimas com lesões e na segunda não houve registro de feridos.

Em 2019, o BPRv havia registrado 12 acidentes, quatro óbitos e 9 vítimas feridas no mesmo período de feriadão de Dia dos Finados.

“Já estamos, graças a intensificação de policiamento pelas Rodovias Alagoanas, há 3 feriadões sem vítimas fatais: Independência, Nossa Senhoras Aparecida e Finados. Nenhum acidente de grandes proporções pelas Rodovias Alagoanas”, informou o tenente-coronel Everaldo Liziário, comandante do BPRv.

O comandante ainda informou que nenhum acidente na região Agreste também é uma grande conquista para o batalhão, já que a região sempre contabilizava acidentes com óbitos, principalmente, acidentes envolvendo motociclistas.

“Graças ao mapeamento que realizamos, obtivemos êxito, tudo dentro das normalidades. No dia de ontem, no regresso do feridão, tivemos apenas um engavetamento envolvendo três veículos próximo a ponte da Massagueira”, contou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados