Boa Noite!, Quarta-Feira - 13 de Novembro de 2019

 

Nem Rosa, Nem Azul! LILÁS!

João Lemos / 11:45 - 04/09/2019

Nova exposição sob a curadoria de Socorrinho Lamenha desvenda a visão dos artistas sobre o masculino e o feminino


Dependências do Iphan ficaram lotadas para o lançamento da exposição.

Público lotou dependências do Iphan  para o lançamento da exposição.

A casa do patrimônio e sede do Iphan Alagoas localizada no bairro histórico de Jaraguá abriu suas portas na noite desta Quarta-feira (04) para a verssinage da Exposição “Nem Rosa nem Azul! Lilás! A coletiva que reúne obras de 17 artistas desta terra desdobrou em todas as cores do arco-íris levando ao público a mais mimosa expressão da arte contemporânea na cidade.

Na Mostra a singeleza dos artistas Salles Tenório, Eduardo Bastos, Persivaldo Figueroa, Alexandre Bastos, Marcos Plech, Orlando Santos, Pedro Cabral e a nova geração Claudio Kukukaia, Alexia Dias, Cícera Dias, Laís Lima Cida Vieira, Pedro Caetano e Teresa Lima apresentaram ao público presente suas visões sobre o masculino e o feminino, a união desses dois elementos nos levam a uma pergunta-convite, Rosa ou Azul? E porque não Lilás? Isso mesmo! Um convite a enxergar o que está além da nossa própria maturidade. Esse novo olhar nos impele a perceber o que está entre as pinceladas de cada obra, legando a história da arte alagoana um novo sentido de percepção e com isso nos é revelado um público totalmente renovado.

Em um universo onde tudo está ligado e é multi inspirador a curadora Socorrinho Lamenha destaca sobre os elementos que mesmo distintos dependem uns dos outros para sobreviver. “antes de tudo somos seres humanos. Indivíduos aspirando ao mesmo, respirando o mesmo ar, compartilhando a vida, medos e incerteza, dividindo projetos e sonhos”.  E revela a fragilidade da falsa distância que a indiferença muitas vezes apresenta. “Não são muralhas intransponíveis que nos separam. Apenas alguns véus que mal desfaçam nossas semelhanças e diferenças”.

20190904_192143

Mostra reúne obras de 17 artistas da cidade.

A noite foi regada de muita alegria, encontro de amigos e arte! Muita arte que emociona a existência humana e que orgulha a alagoanidade impetrada na vida do nosso povo.

A exposição mexeu com o público e o fez pensar o quanto cada um depende do outro mostrando como pequenas atitudes podem mudar toda uma realidade. Diariamente encontramos o preconceito com título de Doutor, a intolerância com o grau de mestrado e a hipocrisia como formadora de opinião, para mudar tudo isso a mostra prova que o diferente, o inusitado e o transcendental têm o poderio transformador e de cura.

O artista transforma a dor em alegria, a raiva em amor, à morte em vida. O artista por si só é místico e dono da única razão do seu dom natural, vive em constante mudança e por ser peregrino em sua história une universos com apenas singelas pinceladas, aí vemos o dom de unificar, reunir e congregar através da arte.

Serviço:

Exposição: Nem Rosa nem Azul! Lilás!

Curadoria: Socorrinho Lamenha.

Verssinage: 04 de Setembro de 2019.

Horário: 19h.

Período: De 05 de Setembro a 04 de Outubro.

Horário: Terça a domingo, das 11h às 17h.

Local: Casa do Patrimônio – IPHAN, Rua Sá e Albuquerque n° 157 – Jaraguá.


Comentar usando