Nelson Piquet: o ídolo está nu

Há muito tempo que o ex-piloto tem usado sua notoriedade para remoer mágoas antigas e novas

Nelson Piquet: o ídolo está nu

Há muito tempo que o ex-piloto tem usado sua notoriedade para remoer mágoas antigas e novas

Por Antonio Pereira | Edição do dia 15 de junho de 2021
Categoria: Opiniões | Tags: ,,,,,,,,,,


O tricampeão de automobilismo Nelson Piquet conseguiu atingir os primeiros lugares de assuntos mais comentados no twitter por um vídeo, onde ele diz que está ‘cagando para o que pensam dele’. A frase foi dita durante entrevista no programa Sem Censura, veiculado pela estatal TV Brasil.

Há muito tempo que o ex-piloto tem usado sua notoriedade para remoer mágoas antigas e novas. Seguindo uma espécie de roteiro para apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, Nelson Piquet se lamenta sempre que é diminuído em detrimento dos outros dois grandes campeões da Fórmula 1: Nelson Fittipaldi e Ayrton Senna.

Piquet leva sua dor de cotovelo sempre que pode. Isso fica claro quando ele se refere à TV Globo de Televisão e ao narrador Galvão Bueno. O ex-piloto não esconde seu ressentimento, traduzido em apoio cada vez mais declarado a Bolsonaro, tornando-se um ícone do bolsonarismo.

Recentemente, ele participou da inauguração de uma ponte em Rondônia ao lado do Presidente Jair Bolsonaro. Desde então, o ex-piloto vem sendo endeusado pelos seguidores do mandatário brasileiro, atuando como uma espécie de símbolo para a trupe governista.

O tricampeão se junta ao grupo que já tem os jornalistas negacionistas Leda Nagle e Alexandre Garcia. Isso sem falar no ex-ator de Malhação e atual secretário de Cultura do governo federal, Mário Frias. Em comum entre eles está o fato de já terem tido uma certa notoriedade, mas que atualmente amargam um certo ostracismo, sendo lembrados apenas quando proferem algum comentário estapafúrdio em favor do governo, da Cloroquina ou negando a pandemia da Covid-19.

Como em uma ópera bufa, esses representantes do bolsonarismo figuram agora no olimpo do cada vez menor grupo de apoio do presidente brasileiro atual.

Nelson Piquet se apequena cada vez mais, jogando no lixo todo o seu brilhantismo quando era piloto da mais importante categoria do automobilismo mundial.

Uma pena.

One thought on “Nelson Piquet: o ídolo está nu”

  1. Eduardo Janovik disse:

    Uma pena é que tenhamos uma imprensa e, especialmente, um jornalismo que tentam ditar o que nós, telespectadores, devemos aceitar como certo ou errado. São verdadeiros ditadores que usam do canal de comunicação que dispõem para impor aos outros o que eles entendem subjetivamente como certo ou errado. Parabéns Nelson Piquet por expor o que pensa Sem Censura.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados