Mupa recebe exposição “Caminhos do Barro: Identidade, Arte e Economia”

Mostra fica aberta ao público até o dia 12 de dezembro

Mupa recebe exposição “Caminhos do Barro: Identidade, Arte e Economia”

Mostra fica aberta ao público até o dia 12 de dezembro

Por | Edição do dia 24 de novembro de 2018
Categoria: Cultura | Tags: ,,,,


Mostra apresenta arte figurativa, utilitários e biojoias feitos em barro

Mostra apresenta arte figurativa, utilitários e biojoias feitos em barro (Foto: Agência Alagoas)

Idealizada pelo artista plástico Roniekson Okobayewo, a exposição “Caminhos do Barro: Identidade, Arte e Economia”, com curadoria de Rosiane Sanctorum, é fruto do projeto homônimo que contou com a participação de 105 mulheres do município alagoano de São Miguel dos Campos. Cerca de 300 peças estão expostas e à venda no hall do Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa) até o dia 12 de dezembro. O Mupa abre de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Com o objetivo de criar um espaço de desenvolvimento comunitário em áreas de vulnerabilidade social, o projeto privilegiou mulheres moradoras dos bairros periféricos da cidade. Foi oferecida formação artística, cultural e técnica visando à geração de renda por meio da arte feita com o barro das margens do Rio São Miguel, além do resgate da tipologia artística miguelense. As atividades foram divididas em três módulos: arte figurativa, utilitários e biojoias.

“O projeto oportunizou o acesso à cultura e a difusão da arte que tem o barro como matéria-prima e as mãos como instrumento criador. Isso fez com que as artesãs expandissem as fronteiras do município, além de promover o intercâmbio com gestores culturais”, explica o artista plástico Roniekson Okobayewo.

No dia 11 de dezembro, às 09h30, todas as participantes da exposição receberão o diploma de ceramista e a carteira de artesã certificada pelo Pré-Arte.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados