Municípios da Região Metropolitana de Maceió seguem com abastecimento comprometido devido às chuvas

Poços, Captações e Estações de Tratamento foram paralisadas emergencialmente após transbordamento de rios e alteração da qualidade da água bruta

Municípios da Região Metropolitana de Maceió seguem com abastecimento comprometido devido às chuvas

Poços, Captações e Estações de Tratamento foram paralisadas emergencialmente após transbordamento de rios e alteração da qualidade da água bruta

Por Assessoria | Edição do dia 4 de julho de 2022
Categoria: Alagoas, Ultimas Notícias | Tags: ,,


As fortes chuvas que atingem Alagoas desde a semana passada ocasionaram uma série de paralisações emergenciais nos sistemas de abastecimento de municípios da Região Metropolitana de Maceió, operados pela BRK e Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal). Isso porque os alagamentos e as enchentes arrastaram a poluição difusa dos centros urbanos para os mananciais, comprometendo a qualidade da água bruta captada para tratamento.

Além do aumento da concentração de sedimentos e materiais sólidos nos rios, que provocaram a alteração da cor e turbidez da água bruta, e da falta de energia em algumas regiões, unidades operacionais ficaram submersas e equipamentos foram danificados. As lojas da BRK em Atalaia, Coqueiro Seco e Rio Largo também foram atingidas pelas cheias e seguem fechadas por tempo indeterminado devido problemas estruturais.

De acordo com informações do Centro de Controle Operacional da BRK, que realiza o monitoramento dos sistemas operados pela empresa 24 horas por dia de forma remota, seguem com paralisações em unidades produtoras os municípios de Atalaia, Marechal Deodoro, Messias, Murici e Rio Largo. Em algumas regiões, as equipes enfrentam dificuldades de acesso para levar água tratada por meio de caminhões-pipa às unidades de serviços essenciais, devido às interdições em rodovias e aos transbordamentos dos rios.

A BRK intensificou as equipes de plantão, que trabalham 24 horas por dia todos os dias da semana nas diversas ocorrências, e segue acompanhando a situação dos municípios junto aos órgãos municipais e estaduais, bem como prestando apoio às prefeituras com o empréstimo de equipamentos. A concessionária, junto à Casal, responsável pela operação do sistema produtor em dez cidades onde a BRK atua, realiza o monitoramento constante dos mananciais, que permanecem em estado de atenção.

Confira abaixo as informações sobre cada município:

Atalaia

As Captações de Água Bruta Santo Antônio 1 e 2 estão paralisadas por falta de energia, enquanto a Captações Sapucaia e São Sebastião seguem paralisadas devido às condições climáticas. A Estação de Tratamento de Água (ETA) Jenipapeiro está em processo de recuperação de nível e, por isso, segue com a distribuição paralisada. Os poços 6 e 7 apresentam falha de bombeamento.

Marechal Deodoro

As condições climáticas também impactaram na operação do sistema produtor de Marechal Deodoro. O Reservatório do Broma e a Captação Volta D’Água seguem paralisados devido às chuvas, enquanto a Captação Bica da Pedra opera com vazão reduzida devido à alteração da água bruta. Já os poços 3 e 4 estão parados por falta de energia.

Murici

A ETA Cansanção, responsável pelo tratamento da água distribuída em parte de Murici foi paralisada temporariamente devido à falta de energia. A unidade faz parte do sistema produtor operado pela Casal.

Messias

A Captação Osório, em Messias, também segue paralisada devido às condições climáticas e à alteração da qualidade da água do manancial.

Pilar

De acordo com informações repassadas pela Casal, responsável pelo sistema produtor de Pilar, as fortes chuvas ocasionaram o rompimento de uma adutora da Captação de Água Bruta. O sistema já voltou normalmente a operar normalmente desde a noite desse domingo (3) e segue em recuperação gradativa.

Rio Largo

A Captação Mata do Rolo está em processo de recuperação após paralisações devido às condições climáticas e ao reparo de vazamento em uma adutora. O sistema voltou a operar nesta segunda (4). Já a ETA do Jarbas Oiticica foi paralisada para manutenção da Casal, responsável pelo sistema produtor no município.

Satuba

A ETA Satuba também está em processo de retomada do abastecimento após paralisação por falta de energia elétrica.

Entenda como as fortes chuvas afetam o abastecimento de água

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados