Mulher tem casa invadida e sofre ameaça de morte do ex-marido

Além deste caso outra mulher também foi vítima de violência nesta quinta-feira

Mulher tem casa invadida e sofre ameaça de morte do ex-marido

Além deste caso outra mulher também foi vítima de violência nesta quinta-feira

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 9 de abril de 2021
Categoria: Maceió, Polícia | Tags: ,,


Uma mulher teve sua casa invadida e foi ameaçada de morte pelo ex-marido durante a noite desta quinta-feira (8) na Cidade Universitária. O suspeito,de 46 anos, pulou muro da casa armado com uma faca. O acusado, que já possuía passagem pela polícia por violência doméstica, foi contido pelos policiais e autuado com base na Lei Maria da Penha. 

Era por volta das 20h quando a vítima teve sua casa invadida pelo suspeito. Ele pulou o muro armado com uma faca e a ameaçou de morte. A vítima acionou a central de polícia que direcionou a guarnição motorizada Fox 4, pertencente ao Batalhão de Guardas, para o local.

No endereço indicado a mulher informou a guarnição o que tinha acontecido. O suspeito foi localizado após ser detido, ele e a vítima foram encaminhados a Central de Flagrantes I, localizada no Farol, para a tomada de depoimentos. Já na Central foi descoberto que o acusado já possuía passagem pela polícia por violência doméstica.  Ele foi autuado em flagrante com base na Lei Maria da Penha. 

Mais uma vítima de violência

O segundo caso de violência contra a mulher foi registrado na Cidade Universitária por volta das 6h da manhã de ontem. A vítima foi agredida fisicamente pelo seu esposo, identificado como José Roniel dos Santos Rodrigues, de 23 anos. 

A guarnição motorizada da Força Tarefa 29, que integra o Batalhão de Policiamento de Guarda (BPGD), localizou a vítima depois de uma denúncia anônima. No endereço indicado encontraram a mulher com vários hematomas nos braços e no abdômen.  

O suspeito foi preso em flagrante por lesão corporal dolosa com base na Lei Maria da Penha e conduzido para a Central de Flagrantes I. Para denunciar qualquer caso de violência doméstica basta ligar para a Central de Atendimento à Mulher no número 180. O serviço, que funciona 24h, é gratuito e não é necessária a identificação do denunciante.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados