Mulher acusada de participar da morte de sargento da PM é presa, em Maceió

Outros três envolvidos no crime já haviam sido presos

Mulher acusada de participar da morte de sargento da PM é presa, em Maceió

Outros três envolvidos no crime já haviam sido presos

Por Redação | Edição do dia 23 de setembro de 2021
Categoria: Maceió, Polícia | Tags: ,,


Uma mulher, acusada de participar do assassinato do sargento da Polícia Militar, Luiz Borges da Silva, de 45 anos, foi presa pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (23). A vítima foi morta após reagir a um assalto numa van que fazia a linha Marechal Deodoro/Maceió, em 2013.

Mulher não teve identidade revelada. Foto: Divulgação/PC.

Os policiais, comandados pelo delegado Nivaldo Aleixo, cumpriram o mandado de prisão expedido pela 10ª Vara Criminal da Capital e a acusada foi presa no bairro Pontal da Barra, em Maceió, na própria residência. A mulher, de 26 anos, não teve a identidade revelada pela Polícia Civil.

A PC já havia prendido outros três homens que participaram do crime.

Relembre o caso

De acordo com informações policiais, três homens, que usavam roupas de garis, e uma mulher entraram na van, nas imediações do bairro Pontal da Barra, e anunciaram o assalto.

Testemunhas informaram que o militar reagiu, tocou tiros com os assaltantes e ficou gravemente ferido. Ele chegou a ser encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.

Além de Luiz Borges, um passageiro e a mulher que participava do assalto ficaram feridos e também foram encaminhados ao HGE. O usuário do transporte público não resistiu, já a mulher foi encaminhada à delegacia para prestar depoimento.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados