Mudança no formato solenidade posse desagrada vereadores eleitos

O rito será virtual por causa do aumento do número de casos de Covid-19

Mudança no formato solenidade posse desagrada vereadores eleitos

O rito será virtual por causa do aumento do número de casos de Covid-19

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 31 de dezembro de 2020
Categoria: Notícias, Política | Tags: ,,,,,


A solenidade de posse do prefeito eleito de Maceió, JHC (PSDB) e dos vereadores será às 16h dessa sexa-feira (1º) de forma virtual, pelo aplicativo Zoom, devido ao aumento no número de casos de Covid-19. Antes o formato da posse seria híbrido, mudança que ocorreu a pedido da 15° Promotoria de Justiça da Capital e não agradou alguns vereadores eleitos.

“Nos causou estranheza a interpretação distorcida dada pela Mesa Diretora da Câmara sobre como será a cerimônia de posse do prefeito, vice e dos 25 vereadores no próximo dia 1º de janeiro. A recomendação da 15ª Promotoria de Justiça da Capital em relação ao crescimento dos casos da Covid-19 em Alagoas não proíbe o evento presencial, nem mesmo a cerimônia, pede apenas que não exista festa, nem aglomerações e que os cuidados sanitários sejam mantidos”, diz trecho da nota que foi assinada por 14 vereadores.

Os vereadores eleitos enxergaram a mudança no formato como ação antidemocrática e como uma maneira de interferência na futura eleição da mesa do Legislativo municipal. A mesa diretora da Câmara Municipal de Maceió rebateu as críticas através de uma nota onde acusaram os vereadores eleitos de “tumultuar o processo democrático por meio de factoides”.

O termo de posse, deverá ser entregue até o final da solenidade assim como as demais documentações.  Autoridades que se interessarem em participar do rito devem solicitar liberação do link, através do e-mail institucional da Casa. A sociedade civil poderá acompanhar a sessão solene através do portal da Câmara Municipal de Maceió ou em seu canal do Youtube.

Este slideshow necessita de JavaScript.

SOLENIDADE DE POSSE

A solenidade será conduzida por Kelmann Vieira (Podemos), atual presidente. Os trabalhos serão secretariados por um vereador reeleito que seja de um partido diferente do presidente. Rito baseado nos artigos 4° e 5° do Regimento Interno da Câmara.

A posse do prefeito e vice-prefeito eleitos só acontece após a posse dos vereadores e segue o mesmo padrão de rito.

MESA DIRETORA

A eleição da nova composição da Mesa Diretora, também ocorrerá de maneira remota e irá respeitar um intervalo de tempo depois da posse. A nova Mesa comandará o Legislativo muncipal durante o biênio 2021-2022.

As normas da eleição da mesa seguirão as determinações presentes nos artigos 38 e 39 do Regimento Interno. Em sua 22ª Legislatura, a Casa Mário de Guimarães contará com 25 vereadores, quatro a mais do que a anterior.

*Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados