Motorista embriagado é preso depois de atropelar pedestre e fugir sem prestar socorro

Ele foi autuado por lesão corporal culposa, omissão de socorro e embriaguez ao volante

Motorista embriagado é preso depois de atropelar pedestre e fugir sem prestar socorro

Ele foi autuado por lesão corporal culposa, omissão de socorro e embriaguez ao volante

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 12 de abril de 2021
Categoria: Maceió, Polícia | Tags: ,,


Um motorista de 18 anos foi preso em flagrante depois de atropelar um pedestre e fugir do local sem prestar socorro no bairro do Prado, na noite deste domingo (11). Além da omissão de socorro, o motorista também estava embriagado. Não há mais informações sobre o estado de saúde da vítima.

Foto: Ilustração

Era por volta das 21h quando a guarnição da supervisão do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRAN) flagrou o motorista atropelar um pedestre e fugir do local sem prestar socorro.  A guarnição deu ordem para que o homem parasse, mas ao perceber a presença da polícia ele tentou fugir.

Durante a fuga ele perdeu o controle do veículo e bateu em uma calçada alta. Durante a abordagem foi realizado um teste do bafômetro que comprovou a embriaguez do condutor. Diante dos fatos o homem foi conduzido para a Central de Flagrantes, onde foi autuado por lesão corporal culposa, embriaguez ao volante e omissão de socorro. Não há mais informações sobre o estado de saúde da vítima, que também foi um homem de 18 anos.

Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

O CTB prevê, no Artigo 306, pena de seis meses a três anos de reclusão para motoristas que dirigirem sob influência do álcool, além de pagamento de multa e suspensão ou proibição de se obter a habilitação ou permissão para dirigir.

Já em caso de omissão de socorro, a penalidade está prevista no Art. 304, cujo a detenção é de seis meses a um ano ou multa, isso se o acidente não for grave, podendo aumentar a pena de acordo com os danos causados à vítima no acidente.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados