Morre aos 95 anos o Mestre Arthur Morais, Patrimônio Vivo de Alagoas!

Morre aos 95 anos o Mestre Arthur Morais, Patrimônio Vivo de Alagoas!

Por João Lemos | Edição do dia 18 de maio de 2020
Categoria: Cultura | Tags: ,,,,


Faleceu na manhã de hoje (18) Arthur Morais dos Santos aos 95 anos de idade no Hospital Geral do Estado, Mestre Arthur vinha há alguns anos com a saúde bastante fragilizada devido a um derrame vascular cerebral e nos últimos dias as complicações de saúde foram agravadas levando-o ao internamento.

De acordo com a folclorista Josefina Maria Medeiros Novaes, Arthur Morais nasceu no dia 08 de Outubro de 1925 em Fernão Velho e se criou em Satuba – AL é filho de Manuel Morais dos Santos e de Antônia Francisca da Conceição, durante grande parte de sua vida trabalhou como ceramista nas antigas olarias de Satuba fazendo tijolos e telhas de boa qualidade.

Começou a brincar Guerreiro aos 10 anos de idade no grupo do Mestre Manoel Vicente em Satuba como bandeirinha e depois como embaixador. Aos 19 anos veio residir em Maceió, no bairro da Ponta Grossa. Lá passou a brincar no Guerreiro Treme Terra do Mestre João Ventania e no Guerreiro  do Mestre João Amado.

Quando mudou-se para o bairro do Clima Bom se juntou ao senhor Pedro Lins e formaram o Guerreiro Santa Izabel na Chã da Jaqueira. Ainda na sua fase áurea brincou com os Mestres Manoel Lourenço, João Inácio e Jorge Ferreira. Com pesar nos solidarizamos a família enlutada.

Arthur Morais dos Santos foi considerado Patrimônio Vivo de Alagoas em 2011, conforme a Lei nº 6.513, de 22 de setembro de 2004, alterada pela lei 7.172 de 30 de junho de 2010. Com a morte do Mestre mais uma cadeira fica vaga na Lei do Patrimônio Vivo.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados