Mbappé sobre ser o mais caro do mundo: “Sou jogador, não contador”

Por | Edição do dia 9 de janeiro de 2020
Categoria: Esportes, Outros Esportes


Globoesporte.com

Um dia depois de ser apontado por um estudo internacional como o jogador mais caro do mundo, avaliado em 265,2 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão), o atacante francês Kylian Mbappé procurou tirar o foco do seu novo status mundial após ajudar o Paris Saint-Germain a golear o Saint-Etiénne por 6 a 1 no Parc des Princes, pela Copa da Liga Francesa.

Foto: REUTERS/Pilar Olivares

– Eu sou jogador de futebol, não sou contador – brincou o atacante. – Eu faço meu trabalho, sou jogador de futebol e quero ajudar minha equipe. Quero que tudo vá bem, seja eu o mais caro do mundo ou não – afirmou.

Mbappé fez o último gol do PSG na partida, aos 21 minutos do segundo tempo, mas sua jogada mais bonita não terminou com a bola nas redes. Aos 32, em um contra-ataque rápido, ele recebeu passe de Cavani, após corta-luz de Neymar, e encobriu o goleiro Moulin com um lindo toque de letra, da entrada da área, mas a bola saiu rente à trave direita do Saint-Étienne.

– É, a jogada não foi nada mal. A bola veio um pouco atrás e eu tentei o chute mais eficaz e passou bem perto. É uma pena porque foi uma jogada linda, mas já passou – comentou o craque, aprovando a atuação da equipe contra o Saint-Étienne.

– Nós jogamos bem. Estávamos com um bom estado de espírito do começo ao fim do jogo. Respeitamos o adversário e também fizemos um espetáculo pro torcedor.

Com o gol desta quarta, Mbappé chegou a oito jogos seguidos marcando gol no PSG, igualando o recorde do ex-treinador argentino Carlos Bianchi, que foi jogador do clube francês na década de 70. Nessa sequência de oito partidas, Mbappé somou dez gols.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados