Matriz de Camaragibe: Justiça Eleitoral reconhece legalidade de pesquisa do Instituto Data Sensus

Matriz de Camaragibe: Justiça Eleitoral reconhece legalidade de pesquisa do Instituto Data Sensus

Por Pedro Neto - Assessoria | Edição do dia 9 de julho de 2020
Categoria: Justiça | Tags: ,,,,


Foto: Reprodução

A Justiça Eleitoral reconheceu a legalidade de pesquisa de opinião que aponta liderança do pré-candidato, Fernando Cavalcante, à prefeitura de Matriz de Camaragibe. A decisão foi publicada nesta terça-feira (7) pela 12ª Zona Eleitoral de Passo de Camaragibe.

Na decisão, o magistrado reitera que o formulário de pesquisa elaborado pelo Instituto DataSensus não visava beneficiar nenhum dos candidatos e nem influenciar a opinião dos eleitores.

A decisão reafirma que há várias formas de se elaborar licitamente um questionário e o simples fato de que não há menção expressa de que poderiam ser escolhidos mais de um candidato pelo eleitor não é capaz de gerar prejuízos ou a manipulação dos resultados.

Dessa forma, a Justiça Eleitoral deixa claro que o Partido Social Cristão (PSC) e o Instituto TDL Pesquisa & Marketing tentaram induzir os magistrados e a população do município, deturpando o acesso à informação correta. Além disso, o magistrado reconhece que o TDL tem interesse na manipulação das informações, pois já havia elaborado pesquisa no município.

Portanto, a diferença de resultados das pesquisas faz com que o Instituto TDL tenha interesse em comprovar que seu método é melhor ou mais eficaz do que das empresas concorrentes o que compromete sua imparcialidade.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados