, Sexta-Feira - 13 de Dezembro de 2019

 

Matadouro público é interditado em Santana do Mundaú

Da redação com Ascom IMA / 11:34 - 29/12/2015

O local apresentava irregularidades segundo aspectos legais


Uma operação conjunta entre o Instituto do Meio Ambiente (IMA), Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) e Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), fecharam um matadouro público em Santana do Mundaú, por funcionar sem atender normais legais, como licença ambiental, e ainda com registro de crueldade com animais.

O local estava todo irregular segundo os aspectos legais. Exemplo disso foi a constatação de que dejetos e efluentes, sem qualquer tipo de treinamento, eram lançados diretamente no Rio Mundaú. Havia ainda uma pocilga no mesmo local e o grupo verificou que os animais eram abatidos com materiais inadequados, com sofrimentos por causa das pancadas que recebiam.

Wolney Lima, da equipe de Gerência de Monitoramento e Fiscalização do IMA, informou que “todo o material utilizado para o abate foi recolhido”. Na ação, o administrador do matadouro e o secretário de Agricultura foram levados pelos policiais para a delegacia, para prestar esclarecimentos sobre a situação encontrada.

Os dois não ficaram presos, mas foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). O local foi interditado pela Adeal e pelo IMA. O órgão ambiental lavrou um auto de infração, com multa no valor de R$ 25.390 para a prefeitura que tem o prazo de 20 dias para apresentar defesa.


Comentar usando