Marido ateia fogo nas pernas de esposa enquanto ela dormia em Maceió

Outros três casos de violência contra a mulher foram registrados em Alagoas nesta terça-feira, 13

Por Redação | Edição do dia 14 de outubro de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,


Foto: Reprodução

Um homem de 36 anos foi preso após atear fogo na própria companheira nesta terça-feira, 13, no bairro Serraria, em Maceió. A vítima estava dormindo quando o acusado teria arremessado álcool em suas pernas e, depois, ateado fogo.

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), a vítima, de 37 anos, teve queimaduras de 2º e 3º grau após o ato criminoso.

Com a chegada de uma guarnição do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE) ao local, foi constatado o crime e o acusado foi conduzido à Central de Flagrantes 1, no bairro Farol, onde o delegado plantonista o enquadrou no crime de lesão corporal e o manteve sob custódia.

Outros crimes contra a mulher

No mesmo dia, outros três casos de violência doméstica foram registrados em Alagoas. Em dois deles, as vítimas foram esfaqueadas e os acusados presos. E no terceiro caso, a vítima foi agredida com tapas e chutes e o acusado também foi detido.

De acordo com o relatório do Ciosp, as agressões com golpes de faca ocorreram na Mata do Rolo, em Rio Largo e no centro de Taquarana. A vítima de Rio Largo relatou que foi atingida pelo ex-companheiro com uma arma branca na região das pernas. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital Ib Gatto Falcão. Após o crime, o acusado fugiu do local e não foi encontrado.

Já o segundo caso, em Taquarana, vitimou uma mulher de 38 anos. Ela relatou que o seu companheiro, um homem de 41 anos, desferiu golpes de arma branca contra ela. Quando a uma guarnição da Polícia Militar esteve no local, constatou um corte na mão esquerda da vítima. Segundo ela, o acusado estava em casa e com uma arma de fogo.

A guarnição conduziu a vítima até o hospital local e, em seguida, se dirigiu a residência onde o acusado estaria. Ao chegar ao local, buscas foram feitas, mas a arma de fogo não foi encontrada. Apesar disso, a arma branca foi encontrada e ela foi encaminhada, juntamente com o acusado, à Central de Polícia, onde foi confeccionado o auto de prisão em flagrante por lesão corporal dolosa.

A vítima, após atendimento no hospital local, foi encaminhada ao Hospital de Emergência do Agreste. Após liberação, ela também foi encaminhada à Central de Polícia, onde prestou queixa contra o agressor.

Agressão com tapas e chutes

O caso de agressão com tapas e chutes vitimou uma jovem de 23 anos, no bairro Itapoã, em Arapiraca. Ela contou que foi agredida pelo ex-companheiro, um homem de 29 anos. O fato teria ocorrido na casa da mãe do acusado. Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas por policiais militares até a Central de Polícia, onde foi confeccionado o auto de prisão em flagrante pelo crime de ameaça, com base na Lei Maria da Penha, em desfavor do acusado.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados