Manifestantes acendem velas na Praça dos Martírios em homenagem aos 500 mil mortos da Covid

Oito organizações alagonas assinaram a convocação paraparticipar do ato

Manifestantes acendem velas na Praça dos Martírios em homenagem aos 500 mil mortos da Covid

Oito organizações alagonas assinaram a convocação paraparticipar do ato

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 22 de junho de 2021
Categoria: Coronavírus, Maceió | Tags: ,,,,


500 mil brasileiros já perderam a luta contra a Covid-19 (Foto: Levante Popular da Juventude)

Várias entidades alagoanas organizaram uma ação para homenagear os 500 mil brasileiros que perderam a vida para a Covid-19. O Brasil atingiu o número de 500 mil mortos neste sábado (19) e o ato aconteceu durante a noite desta segunda-feira (21) na Praça dos Martírios, situada no Centro de Maceió.

“500 velas por 500 mil mortes” foi o nome escolhido para o ato. As velas foram acesas na escadaria da praça e a ação contou com o incentivo do movimento Respira Brasil, um movimento nacional que une organizações sindicais, religiosas e movimentos sociais e de setores oprimidos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil), Cáritas, Igreja Batista do Pinheiro e da Grota da Alegria, CEBs, CIMI, CEBI e CPT foram as organizações alagoanas que assinaram a convocação para participar da homenagem.

Foto: Levante Popular da Juventude

“Em memória dos que se foram e pela vida do povo: Vacina no braço, comida no prato, e fora Bolsonaro!”, escreveu o movimento Levante Popular da Juventude em uma publicação nas redes sociais.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados