Major que agrediu filha de PM presta depoimento e diz que ‘se defendeu’

Pai da menina diz que ela está abalada e vive a base de remédios

Por | Edição do dia 15 de janeiro de 2019
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,


Na manhã desta terça-feira (15), o subcomandante do 4° BPM, Major André Dias, prestou depoimento sobre o vídeo em que ele aparece agredindo uma jovem, filha de outro PM do mesmo batalhão.

Segundo o advogado de defesa do major, contou que o PM teria ficado incomodado com um barulho de som, que o grupo estava fazendo na região do bairro da Serraria.

De acordo com o advogado, o major André teria solicitado para abaixarem o volume do som, mas não foi atendido, quando foi agredido pela jovem com um tapa e revidou da mesma forma.

A defesa do PM diz ainda que as imagens são bem claras e mostram que ele apenas se defendeu da agressão da vítima.

O pai da jovem, que também conversou com a polícia na manhã de terça (15), revelou que a filha, menor de idade, está abalada e vive a base de remédios.

Caso

O vídeo circulou nas redes sociais na última quarta-feira (09). Nas imagens é possível o policial militar esbofetear a jovem durante uma festa.

No vídeo não é possível saber como iniciou a discussão. O suposto noivo da moça diz ao militar: “É filha do Albert. É minha noiva. Tô comemorando o meu noivado”.

A assessoria de Comunicação da Polícia Militar informou que o comandante-geral da PM já tem conhecimento do caso e determinou a abertura de procedimento administrativo para apurar a conduta do policial e o afastamento do subcomandante do 4º BPM das funções enquanto estiverem sendo apurados os fatos referentes ao vídeo.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados