Mais de 50km de via é pavimentada em bairros da parte alta e litoral norte de Maceió

Outros 80 km de rede de esgotamento sanitário também foram implantadas

Mais de 50km de via é pavimentada em bairros da parte alta e litoral norte de Maceió

Outros 80 km de rede de esgotamento sanitário também foram implantadas

Por Assessoria | Edição do dia 24 de dezembro de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,


Ao longo dos últimos meses, o programa Maceió Tem Pressa acelerou as intervenções em diversas partes da cidade, assegurando melhorias e mais desenvolvimento. Ao todo, mais de 50 km de ruas foram pavimentadas, beneficiando mais de 240 mil maceioenses e chegando a 11 pontos na capital alagoana, distribuídos entre parte alta e Litoral Norte. A quantidade de vias que receberam pavimentação é o equivalente à distância entre as cidades de Maceió e São Luiz do Quitunde, município localizado na região norte do estado.

Bairros da parte alta e litoral norte foram contemplados com obras de pavimentação. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

Entre os locais beneficiados estão Clima Bom, Cidade Universitária, Santa Lúcia e Tabuleiro do Martins, localizados na na parte alta da capital alagoana. Também houve intervenções na Garça Torta, Conjunto Gurguri, Conjunto Elias Pontes Bonfim, Praia da Sereia, Ipioca, Riacho Doce e Sauhaçuhy, na região norte da cidade.

Para que os serviços fossem executados, houve a necessidade de utilizar mais de 930 toneladas de massa asfáltica. Além de proporcionar qualidade de vida de maneira direta para cerca de 300 mil habitantes, as obras também estão garantindo mais de 270 empregos diretos aos maceioenses.

Maria Ângela, que é moradora da Cidade Universitária, comemorou a pavimentação. Foto: Júnior Bertoldo / Secom Maceió

A moradora Maria Ângela, que reside no bairro da Cidade Universitária há mais de oito anos, contou que já deixou de sair de casa no período de chuva. “Eu tinha medo de escorregar e cair dentro de uma poça de lama. Agora, com as obras de pavimentação e drenagem tudo mudou, não teremos mais água da chuva empoçada na rua e também não teremos mais lama. Vai melhorar muito a nossa vida”, disse.

Além das obras de pavimentação, o programa Maceió Tem Pressa também implantou, somente nos últimos meses, mais de 20 km de rede de drenagem, em diversas regiões da cidade. As obras têm como objetivo solucionar problemas de inundações e alagamentos vivenciados há décadas por moradores destes bairros, além de garantir melhoria na mobilidade urbana, conservação do pavimento e proporcionar mais qualidade de vida às comunidades.

Obras de drenagem  têm como objetivo solucionar problemas de inundações e alagamentos. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió
Obras de drenagem têm como objetivo solucionar problemas de inundações e alagamentos. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

Com o auxílio máquinas, caçambas e novos tubos, as regiões do Clima Bom, Santa Lúcia e Tabuleiro do Martins, na parte alta; e Garça Torta, Conjunto Gurguri, Conjunto Elias Pontes Bonfim, Praia da Sereia, Ipioca, Riacho Doce e Sauhaçuhy, no Litoral Norte, foram contempladas com redes de drenagem. O objetivo das obras é dar vazão correta às águas pluviais e levar melhorias, de forma definitiva, aos comerciantes e moradores.

Michael Rodrigo, de 32 anos, que é morador da Rua Desportista Fernando Lamenha, que será pavimentada, no Conjunto Jardim Saúde, no bairro da Cidade Universitária, falou sobre a valorização que a região tem recebido com obras importantes.

Michael Rodrigo, morador da Cidade Universitária, comenta sobre a expectativa das obras na região. Foto: Daniel Paulino / Ascom UGP

“A nossa região há muitos anos não recebia atenção, por parte da Prefeitura, e essas obras que estão sendo realizadas são muito importantes para todos nós. Durante o período de chuva, as ruas do conjunto ficavam intransitáveis, com muita água e lama, muitas vezes nem de carro é possível passar e agora, com o andamento das obras a realidade será diferente”, disse o morador.

Seguindo com significativos investimentos que estão dando uma nova cara a cidade que por anos estava esquecida, o programa também contemplou a implantação de mais de 80 km de rede de esgotamento sanitário, que irá trazer alívio e mais saúde pública para regiões que antes viviam com o mau cheiro, insetos e muito mosquito.

Marcelo Maia é coordenador da Unidade de Gerenciamento do Programa (UGP). Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

Para o coordenador da Unidade de Gerenciamento do Programa (UGP), Marcelo Maia, as obras trazem esperança para as comunidades e destaca o intenso trabalho nos últimos meses para que tudo possa ocorrer da melhor forma e com muita agilidade.

“Desde que o prefeito JHC lançou o programa Maceió Tem Pressa que nossas equipes seguem empenhadas em levar esperança, melhorias e qualidade de vida para comunidades que nunca receberam nenhum tipo de benefício por parte do poder público. Concluímos algumas intervenções, mas a missão principal, que é mudar a cara da nossa cidade, continua. Temos novos projetos e em breve novas regiões também serão beneficiadas, ampliando assim, ainda mais, as obras em nossa cidade”, disse.

O Programa Maceió tem Pressa é fruto do empréstimo de 70 milhões de dólares da Companhia Andina de Fomento (CAF).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados