Mãe diz que matou a filha de 5 anos porque estava possuída; Veja o vídeo

Mulher poderia estar sob efeitos de medicamentos no dia em que o vídeo foi gravado

Mãe diz que matou a filha de 5 anos porque estava possuída; Veja o vídeo

Mulher poderia estar sob efeitos de medicamentos no dia em que o vídeo foi gravado

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 28 de janeiro de 2021
Categoria: Alagoas, Notícias, Polícia | Tags: ,,


O crime aconteceu neste domingo (24) em Maravilha. Josimare Gomes da Silva, de 30 anos, matou sua filha de cinco anos de idade, Brenda Carollyne Pereira da Silva, e arrancou os olhos e a língua da criança com uma tesoura. O Ministério Público Estadual (MPE) pediu a internação dela no Hospital de Custódia, devido a alegação de familiares e vizinhos de que a suspeita é portadora de problemas psiquiátricos.

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (27) um vídeo de Josimare começou a circular nos veículos de imprensa. Neste vídeo ela diz que a criança estava possuída pelo poder de Deus, afirmando ainda ia acontecer o mesmo que aconteceu com Carollyne, com quem a desobedecer. Há a possibilidade dela estar sob efeitos de medicamentos no dia em que o vídeo foi gravado.

“Deus está dando a chance de se arrependerem e não se arrependerem, vão para o purgatório e o que me desobedecer vai acontecer o mesmo o que aconteceu com Carollyne com você”,  disse Josimare com a fala enrolada e confusa.

Depois de um tempo em silêncio ela completa dizendo que a menina estava possuída e por isso ela cometeu o crime. “Ela estava possuída pelo poder de Deus. No pescoço dela, aquela bandida, demônio maligno não sai do corpo da criança e nem queria se arrepender nem queria deixar a família em paz. Por isso que eu tive que prendê-la, por isso que vocês tentaram buscar ela e não conseguiram,” explicou.

Quando ouviu as pessoas que estavam à sua volta falarem sobre levar o pai da criança até a delegacia, ela disse que ele estava ‘em cima do muro’, indeciso e que podiam levá-lo até ela. “Traz! Ele também tá assim, querendo vim pro meu lado, traz!”, finalizou.

O crime ainda segue em investigação e os depoimentos de familiares e vizinhos da vítima serão colhidos, pois segundo informações do delegado, somente com esses depoimentos aliados ao laudo final do Instituto Médico Legal, o caso poderá ser concluído.

Confira o vídeo:

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados