Maceió anuncia vacinação para jovens de 12 a 17 anos com comorbidade nesta quarta-feira (25)

A imunização para jovens de 16 e 17 anos sem comorbidade também foi anunciada

Maceió anuncia vacinação para jovens de 12 a 17 anos com comorbidade nesta quarta-feira (25)

A imunização para jovens de 16 e 17 anos sem comorbidade também foi anunciada

Por Beatriz Rodrigues* | Edição do dia 24 de agosto de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,


O prefeito JHC anunciou no fim desta terça-feira (24) a imunização para jovens de 17 anos, ou a partir dos 12 anos com comorbidade.  A vacinação começa a partir de quarta-feira (25) e segue a seguinte ordem:

Em todos os pontos, de acordo com a inicial do nome: 17 anos:

Quarta-feira (25): A a G

Quinta (26): H a N

Sexta (27): O a Z

16 anos:

Sábado (28): A a G

Domingo (29): H a N Segunda (30):

O a Z

12 a 17 anos com comorbidades: A partir de amanhã (25), só no drive-thru.

A primeira dose das vacinas está disponível em todos os oito pontos fixos, e das 9h às 21h com Corujão nos drive-thrus de Jaraguá e Serraria e nos shoppings Pátio (Cidade Universitária) e Maceió (Mangabeiras).

O horário de funcionamento segue das 9h às 16h, nos pontos localizados na Praça Padre Cícero (Benedito Bentes), Papódromo (Vergel), Terminal do Osman Loureiro e Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho).

Até segunda-feira (23), 599.083 pessoas haviam tomado a primeira dose da vacina ou a vacina de dose única contra a Covid-19, enquanto 257.400 pessoas concluíram o ciclo vacinal com os imunizantes que requerem aplicação de duas doses. Os números mostram que 78,96% do público adulto estimado para Maceió já tomou pelo menos uma dose da vacina, enquanto 33,93% tomaram as duas doses.

Segunda dose

A segunda dose das vacinas segue disponível nos pontos de vacinação, observando que quem vai completar o ciclo com a Coronavac deve se dirigir exclusivamente ao Shopping Pátio e quem vai tomar segunda dose da Astrazeneca ou Pfizer pode ir a qualquer um dos pontos.

Documentos necessários

Para se vacinar com a primeira dose, é necessário apresentar documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia). Gestantes devem apresentar, ainda, a prescrição médica; e puérperas (com até 45 dias após o parto), uma declaração de nascimento do bebê.

Para a segunda dose, basta apresentar o documento de identificação com foto e o cartão de vacinação. Quem perdeu o cartão pode solicitar a segunda via no posto onde tomou a primeira dose. Pessoas com deficiência visual qu,e ao tomar a primeira dose tenham recebido o cartão convencional, podem solicitar a substituição pelo cartão em braile no ponto onde forem tomar a segunda dose.

Gestantes e puérperas que tomaram a primeira dose da Astrazeneca e tomarão a segunda dose da Pfizer devem apresentar recomendação médica expressa para esta finalidade e assinar autodeclaração no local de vacinação.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados