Maceió amplia vacinação de trabalhadores da saúde com idades entre 55 e 74 anos

Imunização do grupo prioritário tem início nesta quarta-feira (17)

Maceió amplia vacinação de trabalhadores da saúde com idades entre 55 e 74 anos

Imunização do grupo prioritário tem início nesta quarta-feira (17)

Por Ascom SMS | Edição do dia 17 de março de 2021
Categoria: Coronavírus | Tags: ,,,,,


A Secretária Municipal de Saúde (SMS) amplia, a partir desta quarta-feira (17), a vacinação para o grupo prioritário dos trabalhadores de saúde com idades entre 55 e 74 anos, seguindo resolução nº 10 do Comitê Intergestores Bipartite de Alagoas – CIB-SUS/AL, de 16 de março de 2021.

A imunização ocorrerá das 9h às 16h, nos seis pontos fixos espalhados pela cidade: drive-thru do estacionamento do Jaraguá, Maceió Shopping (Mangabeiras), Pátio Shopping (Benedito Bentes), Papódromo (Vergel do Lago), na parte externa do Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho) e drive-thru da sede da Justiça Federal, na Serraria. A vacina que será aplicada nos trabalhadores de saúde ainda é de lote residual da própria SMS.

Segundo a resolução do CIB, em virtude da indisponibilidade de vacinas em quantitativo suficiente para todos os trabalhadores de saúde, é necessário dar prioridade àqueles com idade mais avançada e finalizar a imunização com os mais jovens, sempre de acordo com as remessas de vacina enviadas pelo Ministério da Saúde.

Também conforme o documento, são trabalhadores de saúde todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam hospitais, clínicas, ambulatórios e laboratórios, dentre outros.

A resolução nº 10 explica que no universo do grupo de risco estão tanto os profissionais de saúde quanto seus respectivos técnicos e auxiliares, a exemplo de médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física e médicos veterinários.

Também devem ser contemplados os trabalhadores de apoio dos serviços de saúde, tais como recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros, auxiliares e motoristas de ambulância, dentre outros.

“Além disso, incluem-se aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (cuidadores de idosos, doulas/parteiras), bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados. A vacina também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio curricular obrigatório em serviço hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios”, segue trecho da resolução do CIB.

Documentos – Para vacinação, é necessário apresentar os documentos comprobatórios a seguir:

1 – Os trabalhadores dos serviços de saúde de Maceió elencados nessa etapa precisam levar Declaração de Vínculo Empregatício emitida pelo Diretor-Geral ou Diretor Médico, atestando a condição do trabalhador, contracheque atualizado (mês anterior) ou carteira de trabalho comprovando vínculo ativo;

2 – Trabalhadores de saúde autônomos devem ter em mãos certidão de regularidade do respectivo conselho de classe;

3 – Assistência domiciliar e trabalhadores de serviços funerários precisam estar com a Carteira de Trabalho que comprove o vínculo ativo ou contracheque atualizado (mês anterior);

4 – Os residentes ou estudantes em estágio necessitam de declaração emitida pelo serviço onde está cumprindo o referido estágio ou residência em Maceió.

“Como se vê, há muitos requisitos e critérios que precisam ficar claros para a vacinação de trabalhadores de saúde não só aqui, mas em todo território nacional. Por isso, precisamos nos debruçar com o CIB, para que pudéssemos deixar tudo isso claro, porque o único propósito do prefeito JHC e desta secretaria de Saúde é vacinar a população de nossa capital com a maior celeridade e organização possível”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro. “Mas vale lembrar que, para isso, Maceió depende da liberação dos lotes de vacina por parte do Ministério da Saúde”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados