Maceió amplia oferta de 70 novos leitos de Covid-19

Decisão ocorreu durante reunião com Sesau e representantes de hospitais de Maceió

Maceió amplia oferta de 70 novos leitos de Covid-19

Decisão ocorreu durante reunião com Sesau e representantes de hospitais de Maceió

Por Redação* | Edição do dia 4 de março de 2021
Categoria: Coronavírus | Tags: ,,,,,,


Reunião entre os órgãos de Saúde. Foto: Reprodução

Com o objetivo de discutir a ampliação emergencial da quantidade de leitos para tratamento de pacientes com Covid-19 atendidos pelo Sistema Único de Saúde(SUS), o secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro, se reuniu, na tarde desta quarta-feira(3), com o titular da Saúde do estado, Alexandre Ayres, e diretores de três hospitais contratualizados com o município.

Durante a reunião, diretores do Hospital Veredas, Sanatório e Santa Casa de Misericórdia se comprometeram a adaptar, ainda no mês de março, 70 dos leitos já existentes (entre unidades de terapia intensiva e de internação clínica) para tratar pacientes infectados com o novo coronavírus.

Os novos leitos serão ativados gradativamente, a partir do dia 12 de março, data em que o Hospital Veredas disponibilizará 10 leitos de UTI e 20 clínicos. Em 13 de março será a vez do Hospital Sanatório, que destinará 20 dos seus leitos clínicos para tratamento de pessoas com covid-19. E no dia 14 de março, a Santa Casa de Misericórdia ativará 10 leitos de UTI e 10 clínicos.

A negociação teve o apoio da Secretaria Estadual de Saúde, que irá entrar com uma contrapartida financeira junto aos hospitais para que os mesmos possam arcar com os custos excedentes, próprios de leitos para Covid-19, até que as instituições hospitalares sejam habilitadas pelo Ministério da Saúde e passem a receber verba federal para este fim.

O secretário Pedro Madeiro falou da importância que a decisão tem no combate ao novo coronavírus. “A garantia de novos leitos exclusivos para tratamento da Covid-19 é um passo fundamental para que possamos evitar um colapso no atendimento da rede pública de Maceió e, assim, poder continuar cuidando, com excelência, da vida dos nossos maceioenses”, destacou Madeiro.

Desde o início da pandemia, Maceió já contabiliza mais de 52 mil casos de Covid-19. Desse total, 2.836 foram notificados só no último mês de fevereiro. A taxa de letalidade, na capital, para a doença está em 2,67%.

Com: Assessoria

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados