, Terça-Feira - 21 de Maio de 2019

 

#LugarDeMulher é na área que ela quiser: bolsa para mestrado em engenharia automotiva

Alyshia Gomes / 10:18 - 07/03/2019


Entramos no mês internacional da mulher. Não nego que estou muito curiosa para ler os comentários nas mídias sociais amanhã (08). Estudos, frases de motivação, dados atualizados demonstrando que existe, sim, uma mudança importante na forma como as mulheres estão se posicionando na sociedade.

Em todas as questões debatidas na atualidade, busco, sempre, uma posição de forma a evitar qualquer aproximação com ideias extremistas. Faço o mesmo em relação aos limites produzidos pelos estereótipos de gênero que impedem a participação das mulheres em certas atividades e posições. No entanto, sinceramente, não consigo entender a falta de sensibilidade quanto à questões tão óbvias que podem ser claramente percebidas em situações do nosso cotidiano.

Nunca me esquecerei de um  momento no qual estava participando do lançamento de uma editora. Como é de praxe, foi formada a mesa com os principais responsáveis pela editora bem como personalidades políticas da localidade. No início, ouvi atentamente os discursos com todos os elementos que o momento exigia: agradecimentos, planos, explicações, apresentações, etc. Mas em um determinado momento, meu olhar mudou. Passei a ver um grupo de pessoas que estaria decidindo o que seria publicado; nele, havia uma mulher apenas. Olhei para o público e percebi que o número de mulheres era muito menor do que o de homens. Olhei para mim e lembrei de todas as dificuldades que já tinha passado. Naquele momento, eu visualizei a famosa barreira sutil e invisível que impede nosso crescimento profissional conhecido como fenômeno “Teto de Vidro”. Pois é, visualizei o invisível. Já teve esta experiência?

Felizmente, mudanças estão acontecendo e eu não quero deixar de participar. Como acredito na Educação Internacional como importante ferramenta de desenvolvimento (pessoal/profissional), passei a trabalhar mais acentuadamente na divulgação de bolsas internacionais para mulheres. E como #LugarDeMulher é na área que ela quiser, faço questão em divulgar aquelas relacionadas à  áreas com pouca participação feminina, como no caso de STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

Vamos, então, às bolsas? Universidade de Warwick oferece oportunidade de bolsa para mulheres interessadas nos  programas de Mestrado em Engenharia Automotiva Sustentável (SAE), Mestrado em Veículos Autônomos (SCAV)Mestrado em Engenharia de Sistemas de Manufatura e Gerenciamento (MSEM)

 


Comentar usando