Loja usa currículos para embalar produtos e gera revolta

Uma cliente descobriu a situação após fazer compras no local e compartilhou sua indignação na internet

Loja usa currículos para embalar produtos e gera revolta

Uma cliente descobriu a situação após fazer compras no local e compartilhou sua indignação na internet

Por | Edição do dia 28 de fevereiro de 2020
Categoria: Brasil, Notícias | Tags: ,,,


csm_loja-curriculo_1623189d12

Nesta semana, uma loja de bijuterias, maquiagem e artigos de decoração de Porto Velho, em Rondonia, causou revolta entre internautas após uma cliente relatar que comprou peças de vidro no estabelecimento e os objetos terem sido embalados com currículos deixados na empresa por pessoas que buscam uma vaga de emprego. Indignada com a situação, uma cliente fez foto dos currículos embrulhados na sua compra.

“Total falta de respeito e noção. Tem gente que pega grana emprestada pra imprimir e entregar o currículo, ou às vezes anda a pé por quilômetros para entregar o currículo, aí vem uma pessoa e faz isso. Revoltante!!!”, escreveu a mulher.

A repercussão foi tanta que a loja informou, por meio de nota, que a utilização de currículos no embalo de produtos não é uma conduta ensinada aos colaboradores. “Pedimos sinceras desculpas pelo terrível incidente. Trata-se de um fato pontual”, diz a loja.

Segundo o advogado Iury Peixoto, a empresa de Porto Velho violou a lei de proteção de dados, pois não poderia ‘descartar’ os currículos de tal maneira.”Sobre essa violação, podemos englobar ela na Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/18) da qual é aplicável a qualquer operação de tratamento realizada por pessoa natural ou jurídica de direito público ou privado”, diz.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados