Liminar impede greve dos rodoviários em Maceió

Decisão prevê multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento

Liminar impede greve dos rodoviários em Maceió

Decisão prevê multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento

Por Redação | Edição do dia 5 de abril de 2021
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,


No último sábado (3), o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Alagoas (Sinttro/AL), informou que os rodoviários de Maceió decidiram em assembleia realizar uma “operação-padrão”, onde a frota de ônibus da capital seria reduzida a partir desta terça-feira (6). A categoria argumenta que as empresas de transportes desejam reduzir o valor repassado a título de auxílio alimentação e plano de saúde aos trabalhadores.

Paralisação de rodoviários em 2019 / Foto: reprodução

No início da noite desta segunda-feira (5), uma liminar concedida pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho, Desembargador José Marcelo Vieira de Araújo, declarou a greve abusiva e estabeleceu uma multa de R$ 50 mil ao sindicato e seus dirigentes em caso de descumprimento.

O tribunal concedeu a liminar em ação de dissídio coletivo proposta pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município de Maceió (Sinturb/Mac), que alegou não ter havido aviso prévio ao empregador com antecedência de 72 horas, previsto em lei para atividades essenciais.

O sindicato das empresas alega que buscou negociar uma solução com a categoria e que vem acumulando perdas com a redução de passageiros desde o início da pandemia, em março de 2020.

Para o sindicato dos trabalhadores, os subsídios anunciados pela prefeitura de Maceió seriam suficientes para que as empresas mantivessem os benefícios no mesmo patamar que estão atualmente.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados