Líder de tráfico morre em confronto com a polícia no Sertão

Por | Edição do dia 9 de dezembro de 2015
Categoria: Blog


Foto: PC-AL

Foto: PC-AL

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, realizada nesta terça-feira (8), resultou na prisão de Zaquiel Santos Silva, conhecido por “Quiel”, e de um menor de 17 anos, integrantes de uma quadrilha envolvida em vários crimes, na região de Santana do Ipanema.

O líder do grupo criminoso, Paulo Ricardo dos Santos, o “Nego Cão”, de 26 anos, reagiu ao cerco e atirando contra os policiais, acabou atingido, foi socorrido até o hospital regional e morreu na Unidade de Emergência do Agreste.

A ação policial foi deflagrada após investigações sobre as atividades criminosas da quadrilha. O grupo foi cercado em uma residência, no bairro Floresta, em Santana, onde estava escondido. Os três tentaram fugir, pulando o muro dos fundos da casa, ocasião em que houve a troca de tiros.

A polícia apreendeu com o grupo uma espingarda calibre 12, um revólver 32 – com cápsulas deflagradas -, munições, além de drogas.

Levantamentos realizados pelo delegado regional Fábio Costa revelam que “Nego Cão” era um dos líderes do tráfico em Santana do Ipanema, estando também envolvido em roubos e homicídios.

Em maio, ele teria mandado matar dois idosos porque se negaram a guardar uma motocicleta produto de roubo da quadrilha. Em seguida, mandou queimar os corpos, abandonando-os próximo à delegacia. Ele também teria assassinado sua ex-companheira.

“Quiel” e o adolescente, detidos na operação, foram levados para a delegacia regional, onde foram autuados.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados