Justiça portuguesa arquiva investigação contra Felipão por fraude fiscal

Treinador pagou uma multa de 3 milhões de euros (em torno de R$ 13 milhões)

Por | Edição do dia 30 de setembro de 2015
Categoria: Artigos, Esportes | Tags: ,,,,


O impasse de Luiz Felipe Scolari com a justiça de Portugal chegou ao fim. Em nota, o Departamento Central de Investigação e Ação Penal do Ministério Público de lisboa confirmou que a acusação de fraude fiscal contra o treinador foi arquivada, após ele pagar uma multa de 3 milhões de euros (em torno de R$ 13 milhões).

Na nota, o MP detalhou que os fatos do processo “remontam ao período compreendido entre 2003 e 2007”,  período no qual o técnico residiu em Portugal. Os “crimes de fraude fiscal” referência aos anos em que o treinador teve residência em Portugal, e não declarou os rendimentos obtidos neste período, que alcançavam em torno de 7,4 milhões de euros (em torno de R$ 34 milhões).

Segundo a investigação, os dados recolhidos apontam para “crimes de fraude fiscal” se referiam especialmente a contratos de direitos de uso de imagem do período no qual Scolari comandou a seleção portuguesa. Após o acordo, Luiz Felipe Scolari se comprometeu a pagar os “impostos em dívida, acrescido de juros e de uma injunção”.

Após Scolari concordar com o acerto, o MP suspendeu o processo por dois meses, até que Scolari fizesse o pagamento. N

...Felipão foi para a Seleção Brasileira no fim de 2012 e ficou até o fracasso na Copa-2014. Foi para o Grêmio e hoje está na China

…Felipão foi para a Seleção Brasileira no fim de 2012 e ficou até o fracasso na Copa-2014. Foi para o Grêmio e hoje está na China

a terça-feira, o Ministério Público decretou que o caso envolvendo o atual comandante do Guangzhou Evergrande (CHN) está “arquivado”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados