Justiça acata pedido de tropas federais nas eleições de Palmeira dos Índios

Por | Edição do dia 28 de setembro de 2016
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,


Foto: divulgação

Foto: divulgação

A Justiça Eleitoral acatou nesta quarta-feira (28) o pedido de tropas federais para as eleições municipais de Palmeira dos Índios no próximo domingo (02). A solicitação atende o pedido da Coligação Palmeira Quer Mudança de Verdade, liderada pelos candidatos Júlio Cezar e Márcio Henrique. O comunicado do deferimento do pedido foi feito pelo juiz eleitoral, Geneir Marques, que também responde pelos municípios de Estrela e Belém.

No pedido, a Coligação de Júlio Cezar e Márcio Henrique apresentou uma série de fatos e documentos com vários eventos no decorrer da campanha. Os acontecimentos foram relatados às autoridades competentes, inclusive com diversos registros na Polícia Civil de Palmeira dos Índios. Pessoas estranhas seguindo lideranças e até alguns candidatos, bem como carros com atitudes suspeitas motivaram o pedido de tropas federais.
“Intimidação e até tentativa de agressão em vereador de nossa coligação está entre os atos de violência devidamente registrados. A soberania da população do direito de escolher ou votar segundo sua vontade deve ser respeitado. O clima é tenso, não nos sentimos seguros, mas nem por isso podemos aceitar que a força do poder econômico fruste o desejo de demudança do palmeirense” comentou, Júlio Cezar.  
“Confiamos na justiça eleitoral, nas polícias federal, militar e civil, além da fiscalização espontânea da população e da sociedade para denunciar qualquer tentativa de fraude ou corrupção no pleito eleitoral. Este pedido de forças federais será importante porque vai determinar o equilíbrio, lisura e a transparência no processo eleitoral no próximo domingo” completou. 
Segundo o juiz eleitoral, Geneir Marques, homens das polícias federal, militar e civil já reforçam a vigilância e fiscalização do processo eleitoral em Palmeira e que a qualquer homens do Exército chegarão à cidade conforme estabelecido pelas autoridades. 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados