Júri absolve acusado de tentativa de homicídio em unidade de jovens

Júri absolve acusado de tentativa de homicídio em unidade de jovens

Por | Edição do dia 5 de outubro de 2016
Categoria: Alagoas, Blog, Notícias | Tags: ,,,,


Foto: Ascom

Foto: Ascom

O 1º Tribunal do Júri de Maceió absolveu, na tarde da última terça-feira (4), o réu Wellington Pedro da Silva, acusado de tentar matar o agente de segurança Clóvis Artur de Lima e Silva, durante tentativa de fuga na Unidade de Internação de Jovens Adultos (Uija), em abril de 2014. A sessão aconteceu no Fórum do Barro Duro e foi conduzida pela juíza Lorena Carla Sotto-Mayor, titular da 7ª Vara da Criminal.

Os jurados acolheram a tese da defesa, que sustentou a ausência de materialidade do crime, isto é, que não houve tentativa de homicídio. Foram 4 votos a favor da absolvição. Não foi feita a leitura dos demais votos, a fim de preservar o sigilo das votações.

“Não entendo por que estou sendo acusado. Havia vários adolescentes e estava acontecendo uma tentativa de fuga. Eu nem vi o senhor Clóvis. Nunca tive nenhuma discussão ou problema com ele também”, disse o réu, ao ser interrogado pela juíza.

O caso

De acordo com o Ministério Público (MP/AL), um grupo conseguiu abrir o cadeado de um dos módulos da unidade e tentou empreender fuga. Nesse momento o agente teria sido atacado com um objeto pontiagudo.

Na ocasião, os golpes foram desferidos contra o peito da vítima, que não teria falecido, segundo o MP, porque estava usando um colete balístico no momento, e também porque outros seguranças detiveram o agressor. Na confusão, o agente ficou ferido no braço.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados