JHC anuncia Centro de Atendimento e Triagem para emergências do caso Pinheiro

O foco é nas pessoas que ainda estão nas áreas de risco para prevenir acidentes seguindo protocolos da Defesa Civil

JHC anuncia Centro de Atendimento e Triagem para emergências do caso Pinheiro

O foco é nas pessoas que ainda estão nas áreas de risco para prevenir acidentes seguindo protocolos da Defesa Civil

Por Assessoria | Edição do dia 14 de janeiro de 2021
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,


O prefeito JHC recebeu na tarde desta quinta-feira (14) a visita de cortesia do secretário nacional de Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, que classificou o afundamento do solo nos bairros de Pinheiro, Bebedouro, Bom Parto, Mutange e Farol como a maior prioridade do Governo Federal nessa área. Na oportunidade, o prefeito anunciou a atualização do plano de contingência, para o caso de alguma emergência nos bairros, e a inauguração de um Centro de Atendimento e Triagem (CAT).

JHC destacou que o Município está trabalhando na elaboração de um plano de contingência atualizado, e que irá modernizar a infraestrutura da Defesa Civil municipal para torná-la melhor capacitada e mais rápida nas respostas a possíveis sinistros.

Secretaria Nacional de Defesa Civil classifica afundamento do solo como o principal desastre do Brasil no momento (Foto: Secom)

“Esse plano terá como foco as pessoas que ainda estão nas áreas de risco, para que possamos prevenir acidentes alinhado com os principais protocolos e princípios da Defesa Civil”, garantiu o prefeito.

O prefeito também anunciou que nos próximos dias será inaugurado o CAT localizado num trecho da Rua Miguel Palmeira, no bairro do Pinheiro, fora da área de risco. “Esse CAT tem aproximadamente 1.500 m² e, no caso de um sinistro, comporta até mil pessoas, já respeitando os protocolos de combate a Covid-19”, explicou JHC.

O secretário nacional de Defesa Civil, que está em Alagoas de férias com a família, destacou que, após a posse de JHC, não poderia deixar de se apresentar à gestão atual. “No início de um mandando, em meio ao um desastre tão importante, eu não poderia deixar de vir visitar o prefeito, colocar a Secretaria Nacional de Defesa Civil a disposição e ombrear com a Defesa Civil Municipal todos os esforços do Governo Federal para que a gente consiga fazer uma gestão eficiente desse que é o principal desastre do Brasil no momento”, pontuou Alves.

Mais cedo, ele esteve na sede da Defesa Civil Municipal, onde conversou com o coordenador do órgão, Abelardo Nunes, e conheceu parte da estrutura usada no monitoramento da movimentação do solo nas áreas afetadas pela mineração de sal-gema.

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada para a Adoção de Medidas de Enfrentamento aos Impactos do Afundamento dos Bairros (GGI dos Bairros), Ronnie Mota, e o coordenador municipal da Defesa Civil, também participaram da reunião.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados