ISAC conquista selo ONA 1 – Acreditado para a UPA Benedito Bentes

Unidade é a segunda UPA gerenciada pelo ISAC em Alagoas que é acreditada pela ONA

ISAC conquista selo ONA 1 – Acreditado para a UPA Benedito Bentes

Unidade é a segunda UPA gerenciada pelo ISAC em Alagoas que é acreditada pela ONA

Por Assessoria | Edição do dia 26 de janeiro de 2022
Categoria: Saúde | Tags: ,,,


O ISAC – Instituto Saúde e Cidadania conquistou para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento Benedito Bentes o selo ONA 1 – Acreditado. O resultado da avaliação para a certificação foi homologado pela ONA – Organização Nacional de Acreditação.  Com isso, a UPA se torna a quinta unidade de urgência e emergência do País que atualmente possui o nível 1 da acreditação e a única de Alagoas.

Esta é a segunda unidade gerenciada pelo ISAC no Estado que tem sua qualidade assistencial reconhecida pela ONA. A primeira foi a UPA Trapiche da Barra, que possui o selo ONA 2 – Acreditado Pleno. Ambas são custeadas pela Prefeitura de Maceió e estão vinculadas ao SUS – Sistema Único de Saúde.

A acreditação é um sistema de avaliação da qualidade de serviços de saúde a partir de critérios pré-definidos. O processo é voluntário, ou seja, é a instituição que manifesta o interesse em ser avaliada. Após a acreditação, os serviços de saúde continuam sendo avaliados periodicamente durante todo o período de validade do certificado.

Como é feita a avaliação?

Com foco na segurança do paciente, a UPA passou por uma avaliação detalhada que buscou evidências de conformidade com os padrões do Manual Brasileiro de Acreditação nas diversas áreas, incluindo a gestão organizacional, a segurança na assistência e as áreas de apoio. A análise foi feita pelo IQG – Instituto Qualisa de Gestão e avaliadores habilitados pela ONA.

Para Evane Corbacho, presidente do ISAC – Instituto Saúde e Cidadania, Organização Social que gerencia a UPA, a conquista do selo é resultado de um trabalho diário baseado na ética, integridade, segurança do paciente, respeito às pessoas, qualidade e humanização do atendimento.

“Nós estamos muito satisfeitos com essa conquista, o que nos motiva ainda mais a alcançarmos a acreditação em excelência nível 2 ou até o nível 3. Nossos colaboradores continuam trabalhando para desenvolver e implementar ações de melhoria contínua em toda a instituição, visando primordialmente a segurança do paciente, qualidade e humanização do atendimento”, diz Evane.

Célia Fernandes, secretária municipal de Saúde de Maceió, também celebrou a conquista. “A certificação da ONA representa o reconhecimento à qualidade do trabalho desempenhado na UPA. Receber a certificação neste momento de atenção máxima aos serviços públicos de saúde valida também a segurança da assistência que é prestada por esta unidade. A UPA está de portas abertas à comunidade do Benedito Bentes e região, prestando atendimento 24 horas. Essa conquista reconhece o esforço da Prefeitura de Maceió, em nome do prefeito JHC, para assegurar dignidade e assistência humanizada aos maceioenses”, ressalta a secretária.

A trajetória até a conquista
A preparação para a certificação durou pouco mais de dois anos. Desde 2019, a UPA Benedito Bentes vem implantando diversas ações em prol da cultura da segurança do paciente. O processo foi conduzido pela Vital Gestão, empresa de apoio técnico que responde pela área.

Uma das estratégias utilizadas nesse percurso é a UPA Day, um encontro diário entre as equipes, com duração máxima de dez minutos. Durante as reuniões, os participantes pontuam falhas ocorridas no dia anterior e propõem medidas práticas que contribuirão para melhoria da assistência.

Douglas Teixeira, diretor-geral da unidade, afirma que essa cultura organizacional faz parte do Jeito ISAC e é justamente este um dos diferenciais que levaram à conquista.

“A nossa cultura organizacional consiste na ideia de que todos os colaboradores devem interagir e entender o que a unidade faz e de que a acolhida do usuário é responsabilidade de todos. Tudo isso é desenhado no nosso planejamento estratégico e no mapeamento de riscos. Quando há alguma falha no processo, fazemos a análise crítica e propomos ações corretivas com a participação de todos”, comenta o gestor.

Ele complementa: “Quando a gente busca a excelência na assistência à saúde, todos ganham. Além de a população receber atendimento de qualidade, seguro e humanizado, os colaboradores têm a vida transformada a partir do reconhecimento da qualidade do nosso cuidado”.

Segundo Vinicius Menezes, gestor de Assistência e Qualidade do ISAC, essa jornada é contínua. “O processo de acreditação não é o fim, é o meio. A nossa jornada é trazer a alta gestão, alinhar processos, mostrar o que a gente faz e reconhecer os desafios para planejar, executar e chegar onde se quer”, afirma.

Sobre a ONA

A Organização Nacional de Acreditação acredita a qualidade de serviços de saúde no Brasil, tendo como foco principal a segurança do paciente. Sua metodologia de avaliação atende a padrões internacionais de qualidade e segurança. O manual de acreditação ONA é reconhecido pela ISQua (Sociedade Internacional pela Qualidade no Cuidado à Saúde, na sigla em inglês), instituição parceira da OMS – Organização Mundial da Saúde e que tem entre seus membros especialistas e organizações de saúde de mais de 100 países.

Fundada em 1999, a ONA se consolidou como a principal acreditação de saúde do país. Seus manuais são específicos para diversos tipos de estabelecimentos: hospitais, ambulatórios, laboratórios, serviços de pronto atendimento, assistência domiciliar, clínicas odontológicas, clínicas de hemoterapia, serviços de terapia renal substitutiva e serviços de diagnóstico por imagem, radioterapia e medicina nuclear, câmera hiperbárica e serviços oncológicos.

A ONA também certifica serviços de apoio a instituições de saúde, como lavanderia, dietoterapia, esterilização e manipulação.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados