Inscrições para o Programa Cada Escola um Museu são prorrogadas até dia 2 de maio

No total,60 escolas de todo o Brasil serão beneficiadas com o projeto

Inscrições para o Programa Cada Escola um Museu são prorrogadas até dia 2 de maio

No total,60 escolas de todo o Brasil serão beneficiadas com o projeto

Por Assessoria | Edição do dia 28 de abril de 2021
Categoria: Brasil, Educação | Tags: ,


Iniciativa visa preserva escolas das comunidades. (Foto: Arquivo/ Assessoria)

Com o objetivo de dar oportunidade para que mais escolas criem seus próprios museus, as inscrições do programa Cada Escola um Museu seguem abertas até o dia 2 de maio. A parceria entre a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e o Museu da Pessoa proporciona a unidades de ensino da rede estadual alagoana a preservação de sua  memória institucional, bem como de sua comunidade escolar.

Um dos pré-requisitos para que a escola possa participar do projeto é ofertar o ensino médio e ter interesse em criar um Museu da Pessoa.  Também é necessário realizar a inscrição on-line pelo link (forms.gle/DY8ZhNiZG4a2HtLL8). O resultado da seleção está previsto para sair na primeira semana de abril de 2021.

“É importante que as escolas da rede estadual de Alagoas participem. Cada história é uma construção. É importante criar suas próprias memórias a partir das histórias de vida, valorizar as experiências das pessoas. E o Museu da Pessoa nos dá esta oportunidade”, conta Ricardo Lisboa, superintendente de Políticas Educacionais da Seduc.

Ao todo serão 60 escolas beneficiadas em todo o Brasil. Atualmente há apenas 13 vagas disponíveis para fazer parte do projeto. Alagoas conta com 15 escolas cadastradas.

O Projeto

O projeto funciona da seguinte forma: Cada unidade de ensino deve montar um grupo de seis integrantes composto por: 1 gestor, 2 professores, 1 funcionário, 1 aluno (do 1ª ou 2º ano do Ensino Médio) e 1 pessoa da comunidade escolar. Ao todo, serão beneficiadas 60 escolas estaduais em diferentes estados.

A partir disso será criado um Núcleo Museu da Pessoa em cada escola. Um espaço onde será reunida cada experiência, com a finalidade de preservar a memória de quem faz a escola.

Cada unidade de ensino selecionada também vai participar da formação na Tecnologia Social da Memória, onde será oferecido um curso autoinstrucional e de seis encontros com duração de 1h30min em modo remoto.

O curso visa promover o protagonismo da comunidade escolar na produção e democratização da memória local e social.  Ao final, o participante também ganhará o certificado de conclusão do curso, mas, é preciso ter mais de 75% de frequência.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados