Infectologista alerta para risco de doenças infecto-contagiosas no período chuvoso

As doenças mais comuns nos períodos chuvosos são justamente as doenças respiratórias como a gripe, o resfriado e o próprio Covid-19

Infectologista alerta para risco de doenças infecto-contagiosas no período chuvoso

As doenças mais comuns nos períodos chuvosos são justamente as doenças respiratórias como a gripe, o resfriado e o próprio Covid-19

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 12 de abril de 2021
Categoria: Coronavírus, Saúde | Tags: ,,,


Com o início do período chuvoso e o tempo frio chegam também as doenças infecto-contagiosas. Doenças que causam uma queda na imunidade, o que pode facilitar no contágio da Covid-19. Para entender quais os cuidados e como agir em caso de contágio, a reportagem do O Dia Mais conversou com o infectologista Dr. Fernando Maia, 51 anos.

As doenças mais comuns nos períodos chuvosos são justamente as doenças respiratórias como a gripe, o resfriado, o próprio Covid-19 e outras doenças como os vírus que estão diretamente ligados ao contato com águas contaminadas.

Foto: Arquivo Pessoal

“Destaco principalmente a leptospirose que é contraída através do contato com a água que foi contaminada pela urina do rato”, afirma o Dr. Fernando Maia.

A contaminação é mais propícia em áreas com pouco ou nenhum saneamento básico, esgoto a céu aberto e lixões, condições similares à de alguns bairros que sofrem com o alagamento em Maceió, situação que deixou 18 famílias desabrigadas somente neste final de semana.

Os  principais sintomas da leptospirose são a febre alta, dor de cabeça, sangramento, dor muscular, calafrios, olhos vermelhos e vômitos. Se não for tratada corretamente, a doença pode causar danos hepáticos, renais e até a morte do paciente. 

Os principais cuidados

De acordo com o infectologista, cuidados rigorosos devem ser tomados para evitar o contágio com essas doenças. Existem medidas a longo prazo como manter a carteira de vacinação em dia, evitar o compartilhamento de objetos pessoais e manter os ambientes da casa sempre limpos. E se tratando de alagamentos e contato com água ou lama das enchentes, ações imediatas devem ser tomadas para preservar a saúde. 

Foto: Ilustração

Lavar as mãos com água e sabão, além de tomar banho assim que sair da água da enchente. Se tratando dos alimentos, eles também devem ser lavados com água e sabão ou cozidos, já que o cozimento mata as bactérias e germes presentes ali. E se for um alimento que é para ser consumido cru e não pode ser lavado adequadamente o ideal é que se jogue no lixo”, explica o médico.

Período chuvoso e a Covid-19 

A Covid-19 tanto pode  ser adquirida por pessoas que estão com alguma deficiência na imunidade, como ela pode causar essa diminuição. Aumentando a chance da pessoa contrair outras doenças como infecções bacterianas, pneumonia, bronquite, sinusite e etc.

Foto: Ilustração

Apesar de ser mais agressivo, o vírus da Covid-19 apresenta um comportamento parecido com os vírus que causam doenças nessa época do ano. Podendo ser facilmente confundido com elas e aumentar a taxa de contaminação do coronavírus. Para evitar a confusão, o infectologista recomenda a busca imediata de uma unidade de saúde.

“Várias dessas doenças são parecidas e podem ser confundidas, por isso que é muito importante se a pessoa adoecer procurar um médico para que possa fazer um diagnóstico correto e a pessoa possa então tomar as medidas necessárias de acordo com cada caso”, orienta o Dr. Fernando Maia. 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados