Indivíduos invadem Igreja e furtam instrumentos musicais no Trapiche

Para despistar a polícia, os indivíduos haviam dito que os instrumentos estavam sendo usados em um luau na praia

Indivíduos invadem Igreja e furtam instrumentos musicais no Trapiche

Para despistar a polícia, os indivíduos haviam dito que os instrumentos estavam sendo usados em um luau na praia

Por | Edição do dia 20 de novembro de 2019
Categoria: Ultimas Notícias | Tags: ,,


PM-AL1

Foto: Divulgação

Os instrumentos musicais de uma igreja no Trapiche da Barra foram furtados nessa terça-feira, 19, e os autores do furto, um deles um menor de 16 anos, foram encontrados e encaminhados por policiais militares até a Central de Flagrantes 1, no bairro Farol, onde foram autuados. A princípio, para despistar a polícia, eles haviam dito que os instrumentos tinham sido levados para um luau na praia.

Segundo o relatório do Centro Integrado de Operações (Ciosp), durante uma ronda, próxima à rotatória da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (Assomal), dois indivíduos – um menor de 16 anos e um de 32 anos, identificado como Kaique Elves Ferreira da Silva – foram encontrados com vários instrumentos musicais. Quando abordados, eles informaram que estavam em um luau na praia e que os tocadores dos instrumentos tinham saído para comprar comida e bebida.

Em seguida, a guarnição continuou a ronda pela região e o diácono da Igreja Batista Renova abordou os policiais. Ele informou aos agentes que a igreja havia sido arrombada e que os instrumentos musicais tinham sido furtados. Entre os objetos furtados estava uma guitarra, um baixo, dois violões e uma caixa de som.

Posteriormente, os mesmos indivíduos que haviam sido abordados anteriormente foram encontrados e encaminhados para a Central de Flagrantes 1, onde foi confeccionado um termo de ato infracional, análogo ao crime de furto qualificado contra o menor e uma autuação em flagrante delito por furto qualificado e corrupção de menores foi destinado a Kaique. Em seguida, os instrumentos foram devolvidos a vítima.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados