Inbordal realiza oficinas de aprimoramento com filezeiras

Primeira turma começa hoje, mas outras aulas vão ocorrer no fim do mês e outubro

Inbordal realiza oficinas de aprimoramento com filezeiras

Primeira turma começa hoje, mas outras aulas vão ocorrer no fim do mês e outubro

Por | Edição do dia 14 de setembro de 2016
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,,,


Para divulgar o padrão reconhecido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) na Indicação Geográfica (IG) do Bordado Filé da Região das Lagoas, as artesãs do Instituto do Bordado Filé (Inbordal) começaram, nesta quarta-feira (14), Oficinas de Aperfeiçoamento do Filé para filezeiras que moram na região do entorno das lagoas Manguaba e Mundaú. As capacitações são totalmente gratuitas.

O intuito das oficinas não é aprimorar a técnica das artesãs que atuam na região e apresentar os critérios necessários para ser uma associada do Inbordal, condição essencial para fazer uso do selo da IG em suas peças. A própria iniciativa de divulgar esse padrão é uma forma de manter vivo o autêntico bordado filé alagoano, e as oficinas foram estruturadas, com ajuda do Sebrae em Alagoas, para contemplar a difusão do conhecimento.

“Não vamos ensinar a bordar, será um momento para que as filezeiras possam aprimorar suas técnicas e entender o nosso trabalho, o porquê de exigirmos tantos detalhes e seguirmos o padrão de conformidade. Então, entendendo melhor esse padrão, elas poderão se associar ao instituto, caso queiram, e fazer uso da indicação geográfica também”, explica Petrúcia Lopes, presidente do Inbordal.

A primeira oficina será realizada nestas quarta (14) e quinta (15), das 8h30 às 16h, com aulas sobre rede, bordado e acabamento, na Casa da Câmara e Cadeia (antiga Cadeia), na Rua Tenente José Tomé, 412, Marechal Deodoro (vizinho ao Sesi). Haverá um intervalo para almoço, também fornecido gratuitamente pelo Inbordal.

A segunda capacitação será nos dias 28 e 29 de setembro, na Estação Ambiental Cinturão Verde, da Braskem, na Avenida Assis Chateaubriand, 5620, Pontal da Barra, em Maceió. Os temas abordados serão rede, bordados, pontos e acabamento.

A sede do Inbordal, na Ilha de Santa Rita, receberá o terceiro encontro em 06 de outubro, para falar sobre rede, bordado e acabamento. O último encontro será em 13 de outubro, sobre rede e acabamento, no município de Coqueiro Seco, no anexo da sacristia da Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Como se inscrever

São ofertadas 15 vagas, com inscrições prévias mediante seguinte documentação: carteira de identidade, CPF, carteira de artesã na modalidade e comprovante de residência que mora na região abrangida pelas lagoas Mundaú e Manguaba (já que a IG do filé é na modalidade indicação de procedência, que determina não só o modo de produção, mas o local de origem do produto).

As inscrições podem ser feitas através dos telefones 99981-4006, 99130-3090 e 98713-7671 ou de forma presencial na sede provisória do Inbordal, na Casa dos Freis, na Ilha de Santa Rita (Rua Ramon Lima, s/n, Marechal Deodoro). Pela quantidade limitada de vagas, é preciso confirmar presença na véspera da oficina e levar a documentação à Casa da Câmara e Cadeia no dia. Outras informações também podem ser esclarecidas pelo e-mail inbordal@hotmail.com.

Todas as oficinas são gratuitas, para 15 artesãs, mediante a mesma necessidade de inscrição prévia e documentação correspondente. O horário sempre das 8h30 às 16h, com almoço incluso. O Inbordal está conduzindo tais aprimoramentos com os R$ 30 mil que recebeu no Prêmio Eris Maximiano, da Lei de Incentivo à Cultura de Maceió.

“Elas estruturaram o projeto com auxílio dos consultores e concorreram ao edital do prêmio para poder levar essas capacitações às filezeiras da região. Independentemente de entrar ou não para o Inbordal, é uma excelente forma de aprimorar as técnicas, entender esse padrão utilizado, sempre primando pela qualidade e o saber do filé”, defende Vanessa Fagá Rocha, gerente da Unidade de Comércio e Serviços (UCS) do Sebrae em Alagoas.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados