Igrejas católicas voltam a celebrar missas após quatro meses

Paróquias ficaram fechadas durante toda a fase vermelha e laranja do distanciamento social

Por Assessoria | Edição do dia 15 de agosto de 2020
Categoria: Notícias, Regionais


As igrejas católicas que fazem parte da Arquidiocese de Maceió reabriram as portas, neste sábado (15), após quatro meses sem realizar as missas presencialmente, devido às regras de prevenção ao contágio do novo coronavírus.

Na Paróquia de São Maximiliano Kolbe, no bairro do Benedito Bentes e Nossa Senhora das Graças, na Levada, fiéis respeitaram as regras como o uso de máscaras e a distancia, conforme prevê o decreto do Estado.

De acordo com as regras do distanciamento social controlado do governo do estado, igrejas e templos religiosos da capital tinham autorização para reabrir desde julho. No entanto a Arquidiocese optou por esperar até que  fosse criado um protocolo sanitário específico, discutido por padres e médicos infectologistas.

Com o avanço da capital para a fase azul, as igrejas passaram a abrir com 75% da capacidade total. Já as igrejas do interior, cujo os municípios estão na fase amarela só poderão abrir com 50% da capacidade. As igrejas que fazem parte da Diocese de Palmeira dos Índios, por sua vez, vão permanecer fechadas.

Veja abaixo outras orientações para a reabertura das igrejas:

  • Portas e janelas abertas, ventiladores desligados
  • Os lugares de assento serão sinalizados
  • Proibido o acesso de pessoas com sintomas gripais ou com temperatura acima dos 37,5º
  • Pessoas do grupo de risco, com comorbidades e crianças menores de 12 anos devem ficar em casa, as missas serão transmitidas online
  • As pessoas devem passar com os pés em um tapete sanitizante que estará na entrada de cada templo

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados