Idosos que perderam prazo da 2ª dose ainda podem se vacinar contra a Covid-19

População deve procurar os postos de vacinação nos municípios para completar o esquema vacinal

Idosos que perderam prazo da 2ª dose ainda podem se vacinar contra a Covid-19

População deve procurar os postos de vacinação nos municípios para completar o esquema vacinal

Por Assessoria | Edição do dia 13 de abril de 2021
Categoria: Coronavírus | Tags: ,,,,,


Foto: Pablicio Vieira/Ascom Arapiraca

Para a população estar imunizada contra a Covid-19 se faz necessário tomar as duas doses da vacina contra o novo coronavírus, seja CoronaVac ou AstraZeneca. Por isso, as pessoas que já receberam a primeira dose do imunizante devem estar atentas ao tipo da vacina que recebeu e, principalmente, observar a data para receber a segunda dose, conforme consta no cartão de vacinação.

Aqueles idosos que receberam o imunizante CoronaVac, devem procurar os pontos de vacinação nos municípios entre 21 e 28 dias após a primeira dose. No caso de aplicação da AstraZeneca, as pessoas devem tomar a segunda dose após 12 semanas, ou seja, depois de três meses de aplicação da primeira dose.

De acordo com Herbert Charles Barros, superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), as pessoas somente estarão devidamente imunizadas após receberem a segunda dose do imunizante.

“Para afirmarmos que a pessoa está devidamente imunizada contra à Covid-19, é preciso fechar o esquema vacinal, que só vai estar completo após a administração das duas doses da CoronaVac ou da AstraZeneca”, afirmou o superintendente de Vigilância em Saúde.

Ainda segundo Herbert Charles Barros, aquele idoso que toma somente uma dose da vacina, não vai ter a imunidade protetora esperada. Ele reforça que independentemente do tempo entre uma dose e outra, as pessoas precisam ir até um local de vacinação para tomar a segunda dose.

“Nos casos, em que, por exemplo, o idoso tiver tomado, há mais de 28 dias, a primeira dose de CoronaVac, ele deve ir tomar a segunda dose, mesmo depois do prazo estipulado. Só assim, ele estará devidamente imunizado”, reforçou Hebert Charles Barros.

Ele salientou que, nos casos em que a pessoa adoeceu ou contraiu a Covid-19 antes de tomar a segunda dose, é necessário esperar 30 dias após a recuperação para voltar ao posto de vacinação. “Pessoas com febre, com outro problema de saúde ou com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus devem aguardar se recuperarem para tomar a segunda dose”, enfatizou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados