Homem é morto a tiros em bar de Satuba

Não há informações sobre a motivação e a autoria do crime

Homem é morto a tiros em bar de Satuba

Não há informações sobre a motivação e a autoria do crime

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 17 de março de 2021
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,


Foto: Ilustração

Um homem de 29 anos identificado como Givanilson Gomes da Silva, foi assassinado por disparos de arma de fogo durante a noite desta terça-feira (16) no município de Satuba, Região Metropolitana de Maceió. Não há informações sobre a motivação e a autoria do crime e ninguém foi preso até o momento.

A guarnição motorizada da cidade de Coqueiro Seco, que integra o 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi acionada por moradores da região do Centro de Satuba e se deslocaram para a região em atendimento a uma denúncia de homicídio nas proximidades de um bar, conhecido como bar do seu Zé.

Quando os militares chegaram no local já encontraram Givanilson Gomes sem vida. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local antes mesmo de receber atendimento médico. Nenhuma das testemunhas presentes tinha informações sobre o suspeito de cometer o crime e portanto ninguém foi preso até o momento. 

Equipes do Instituto de Criminalística (IC), do Instituto Médico Legal (IML) e uma equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), também estiveram presentes no local do crime, para que os procedimentos em relação ao corpo da vítima fossem realizados. O caso deve seguir para investigação das autoridades competentes. 

Tentativa de homicídio 

Uma tentativa de homicídio também foi registrada nesta terça-feira em Alagoas, mas o crime ocorreu na capital do estado, em Maceió, por volta das 22h. José Armando da Silva, de 42 anos, foi atingido por vários golpes de arma branca nas regiões do pescoço e do abdômen. Não há informações sobre as circunstâncias em que o crime aconteceu e nem sobre o suspeito.

Foto: Ilustração

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada ao local do crime, para prestar os primeiros socorros e conduzir a vítima ao Hospital Geral do Estado (HGE). Este caso também deve seguir para a investigação das autoridades responsáveis. Não foram divulgadas atualizações sobre o estado de saúde de José Armando.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados