Grupo de pessoas promove carreata para celebrar o Golpe de 64

Manifestação favorável à Ditadura Militar aconteceu na frente do 59º Batalhão do Exército

Grupo de pessoas promove carreata para celebrar o Golpe de 64

Manifestação favorável à Ditadura Militar aconteceu na frente do 59º Batalhão do Exército

Por Redação* | Edição do dia 31 de março de 2021
Categoria: Maceió, Notícias


Um grupo de manifestantes promoveu, na tarde desta quarta-feira (31), uma carreata para celebrar o golpe militar de 64 que terminou na ditadura que comandou o país por 21 anos. O pequeno grupo se reuniu na frente do 59º Batalhão do Exército, na Avenida Fernandes Lima, em Maceió. Os poucos manifestantes presentes usavam a camisa da seleção brasileira, cartazes de apoio ao regime antidemocrático e faixas com a bandeira do Brasil.

Nesta quarta-feira (31), completam-se 57 anos desde que o Congresso Nacional depôs o então presidente João Goulart e uma junta militar assumiu o poder, dando início ao regime totalitário que perduraria por 20 anos no país, até 1985.

Às vésperas do aniversário do golpe, o novo Ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, declarou que o movimento de 1964 é “parte da trajetória histórica do Brasil” e que “assim devem ser compreendidos e celebrados os acontecimentos daquele 31 de março”.

Em 2014, um relatório final foi divulgado pela Comissão Nacional da Verdade, listando o nome de pessoas que foram mortas ou desaparecidas durante o regime. 191 assassinadas e 243 desaparecidas — ou seja, 434 pessoas no total, entre muitas outras histórias que nós não sabemos ainda.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados