Governo libera crédito suplementar para escolas estaduais

Medida visa atender demanda de unidades de ensino até que Governo Federal repasse recursos do Programa Dinheiro Direto nas Escolas

Por | Edição do dia 13 de outubro de 2015
Categoria: Educação, Notícias


Iniciativa vai atender as necessidades das instituições de ensino. (Foto: José Demétrio)

Iniciativa vai atender as necessidades das instituições de ensino. (Foto: José Demétrio)

O Governo de Alagoas autorizou a liberação de crédito suplementar de R$ 1,8 milhões para as escolas da rede pública estadual. A ordem bancária foi assinada na última sexta-feira (9) pela então secretária em exercício da Educação, Laura Souza, sendo previamente autorizada pelo vice- governador Luciano Barbosa, que, à época, respondia interinamente pelo Governo. A verba supre necessidades emergenciais das unidades de ensino até que os recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) sejam repassados pelo Governo Federal.

A verba poderá ser usada para atividades de custeio, o que inclui aquisição de bens e materiais de consumo (limpeza, expediente, papelaria) e contratação de serviços de manutenção necessários ao funcionamento da escola.

O recurso já se encontra disponível na conta das escolas e o valor repassado foi definido pelo critério do número de alunos por unidade de ensino. A prestação de contas seguirá os mesmos moldes do programa #escoladahora.

“Estamos sensíveis às demandas de nossas escolas e, atendendo a um pedido dos diretores, o vice-governador e secretário Luciano Barbosa conseguiu a liberação deste crédito suplementar à Seduc. Esta medida representa uma vitória para nós e vai atender às necessidades das instituições até que haja o repasse federal”, ressaltou Laura Souza.

Autonomia – As escolas beneficiadas com a verba destacaram a importância da mesma para ações do dia a dia das unidades de ensino.

“Temos uma escola grande e estes recursos são necessários e providenciais. Nossa comunidade parabeniza a Seduc e o Governo de Alagoas pelo olhar diferenciado em relação às unidades de ensino. Como diretores, conhecemos a realidade e demandas de nossas instituições e, com esse recurso, promoveremos as intervenções que são importantes”, observou Irineide de Araújo, diretora da Escola Estadual Geraldo Melo, no conjunto Graciliano Ramos.

Na Escola Estadual Mário Gomes, em Joaquim Gomes, a verba vai beneficiar os mais de 800 alunos da instituição. “Recebemos mais de R$ 20 mil que servirão para resolver situações antigas. Somados aos recursos do #escoladahora, possibilitarão à escola trabalhar de forma mais estruturada. A comunidade escolar agradece ao Governo pela descentralização desta verba para as escolas”, declarou o tesoureiro Erinaldo Calado.

PDDE – O PDDE é um programa do Governo Federal financiado pelo Fundo de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que custeia despesas regulares de manutenção das escolas, a exemplo de aquisição de equipamentos e material permanente (fogões, armários, ventiladores, geladeiras, equipamentos de informática etc).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados