Governo irá tomar medidas para “sommeliers de vacina” em Alagoas

Medida foi tomada após uma recomendação

Governo irá tomar medidas para “sommeliers de vacina” em Alagoas

Medida foi tomada após uma recomendação

Por Redação* | Edição do dia 12 de julho de 2021
Categoria: Alagoas, Saúde | Tags: ,,,


Nesta segunda (12), prefeitos e secretários de Saúde aprovaram uma recomendação conjunta que estabelece punições para quem tentar escolher o fabricante da vacina contra Covid-19 e recusar o que está sendo oferecido. Os chamados “sommeliers de vacina” irão para o fim da fila no caso de recusa injustificada. O município que aderir a nota técnica já pode executar a determinação, que foi apresentada durante a comissão da saúde, da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA).

Diante o crescimento de casos, o presidente da AMA, prefeito Hugo Wanderley, disse que a medida aprovada garante o planejamento da vacinação e a celeridade de imunização da população. Wanderley reconheceu o grande esforço que os agentes de saúde têm feito através da busca ativa. “Agendar e não ir, se recusar, não são atitudes cidadãs porque comprometem o andamento do calendário e das faixas etárias”, acrescentou.

Com base na nota técnica, as pessoas terão que assinar um termo de recusa e declarar o conhecimento que irão para o final da fila. Já os que se recusam a assinar o termo serão substituídos por duas testemunhas idôneas. O Ministério Público de Alagoas (MP-AL), que tem cobrado ações dos gestores, serão informados para que as medidas administrativas sejam ratificadas.

O vice presidente da AMA, prefeito Fernando Sérgio Lira, que participou da reunião destacou a necessidade das medidas para que essas pessoas não desestimulem a comunidade e politizem o processo. “Vacina salva, vacina não tem grife, vacina boa é a que está no braço”, disse ele, apoiando a campanha que a AMA lançou nas redes sociais como alerta.

FAKE NEWS

A constante ebulição de fake news acerca da eficácia das vacinas contra Covid-19 tem impulsionado a prática. Segundo o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) Hugo Wanderley é preciso conter esse tipo de prática.

“As pessoas que assinarem a recusa de tomar a vacina naquele momento serão encaminhadas para o final da fila, quando encerrar a vacinação para maiores de 18 anos. Não se justifica porque todas as vacinas têm eficácia comprovada. Isso tem ocorrido nos municípios.”

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA:

Foto: Reprodução

 

Com: Assessoria

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados