Governo de Alagoas vai realizar mutirão volante para cadastrar famílias atingidas pelas chuvas em Maceió

Desabrigados e desalojados vão receber Auxílio-chuva e cestas básicas

Governo de Alagoas vai realizar mutirão volante para cadastrar famílias atingidas pelas chuvas em Maceió

Desabrigados e desalojados vão receber Auxílio-chuva e cestas básicas

Por Redação* | Edição do dia 4 de julho de 2022
Categoria: Alagoas, Maceió, Ultimas Notícias | Tags: ,,,


O Governo de Alagoas vai realizar um mutirão volante para cadastrar os desabrigados e desalojados pelas chuvas em Maceió para que possam receber o Auxílio-chuva financeiro no valor de R$ 2 mil e cestas básicas. Técnicos da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) se reuniram, na manhã desta segunda-feira (4), no Palácio República dos Palmares, com o governador Paulo Dantas e a secretária-chefe do Gabinete Civil, Luiza Barreiros, para definir as medidas de assistência às vítimas das chuvas na capital.

De acordo com a superintendente da Seades, Daniella Gazzaneo, o mutirão volante vai percorrer os 10 pontos onde estão abrigadas as vítimas das enchentes em Maceió. Além disso, serão distribuídas cestas básicas para todas as famílias desalojadas, desabrigadas e atingidas pelas chuvas, que estejam inseridas no CadÚnico na condição de pobreza ou extrema pobreza. A partir de então será realizado um levantamento do número de desabrigados, desalojados e atingidos pelas chuvas em Maceió.

As cestas básicas serão distribuídas em quatro pontos: na sede da Seades, na Rua Comendador Calaça, nº 1.899, no Poço; no Estádio Rei Pelé; no bairro do Trapiche; no Centro de Desportos Recreativo (CDR), ginásio do CEPA; e Escola Salete Gusmão, em Fernão Velho. “O Estado vai agilizar para que os desabrigados e desalojados pelas chuvas em Maceió tenham todo apoio e sejam amparados pelo Auxílio-chuva financeiro e com as cestas básicas”, assegurou Daniella Gazzaneo. “A Seades vai unir esforços com outros órgãos, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Ronda no Bairro, para conseguir minimizar os sofrimentos dessas famílias e dar acessos aos auxílios necessários”, completou Daniella.

O calendário do início de entregas das cestas será divulgado em breve.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados