Governo apresenta balanço com redução de crimes no estado e inaugura 25º Cisp

Por Carol Amorim - Repórter | Edição do dia 13 de agosto de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


Foto: Reprodução / Vídeo

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) anunciou, nesta quinta-feira, 13, por meio de transmissão online, um balanço dos crimes registrados no estado de janeiro e julho deste ano. No levantamento divulgado foi observada a redução de crimes que o estado apresentou neste ano, quando comparado a outros anos e ao mesmo período de 2019. Além das reduções, a SSP registrou aumento no número de apreensões de armas de fogo e de prisões.

De acordo o coronel Lima Júnior, secretário da SSP, 2020 apresentou, até julho, o menor número de homicídios de crimes letais e intencionais desde quando o balanço foi lançado, em 2008. Foram 79 homicídios registrados em Alagoas e 20 em Maceió. No mês de julho de 2011, somente Maceió havia registrado 70 homicídios.

Outra redução em destaque foi a diminuição dos assaltos em coletivos. Neste ano, de janeiro a julho, foram registrados 38 assaltos nesse transporte em Maceió e nos últimos dois meses, nenhum assalto foi registrado. Em 2014, nesse mesmo período, de janeiro a julho, 766 assaltos em ônibus foram registrados.

Assaltos em instituições financeiras também apresentou redução nesse novo balanço. Até o momento, neste ano, nenhum assalto a instituições financeiras foi registrado. No ano passado foram três assaltos registrados e em 2014, foram 33.

Outras categorias como roubo a transeuntes, roubo a veículos e roubo de cargas, também apresentaram redução no número de ocorrências neste ano.

Ao comentar sobre o aumento de apreensões de armas de fogo, o coronel Lima Júnior pontuou que, apesar das dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus, operações foram realizadas.

“As operações, apesar do momento difícil, com fiscalizações extras, mesmo assim contaram com o aumento de 10% no número de apreensões”, comentou.

O governador Renan Filho, que também esteve presente na ocasião, atribuiu as reduções de crimes ao trabalho integrado entre as policiais civil e militar e a mudança de estratégia adotada pela segurança pública, ao investir em equipes de inteligência para que crimes sejam evitados, a exemplos dos roubos a instituições financeiras, que, nas últimas vezes que houve tentativa desse tipo de roubo, os bandos foram interceptados por policiais antes mesmo de executarem o crime.

Como reforço a segurança pública do estado, o governador garantiu que concursos serão realizados para ampliar o efetivo da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e da Perícia Oficial.

E, após a transmissão do balanço, o governo inaugurou, através de outra transmissão ao vivo, o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Lagoa da Canoa. Esse é o 25º Cisp que o governo inaugura no estado. O objetivo, contou Renan, é inaugurar 40 Cisps em Alagoas, para que mais segurança seja oferecida a capital e interior do estado.

Ele ainda informou que Cisps do tipo três (com área de pouso de helicópteros e integração com o Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu) devem ser inaugurados em Maceió.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados