Força da maré assusta novamente moradores da Barra Nova, em Marechal Deodoro

Em anos anteriores, imóveis próximos à “Prainha” acabaram sendo destruídos pelas águas

Força da maré assusta novamente moradores da Barra Nova, em Marechal Deodoro

Em anos anteriores, imóveis próximos à “Prainha” acabaram sendo destruídos pelas águas

Por | Edição do dia 10 de março de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,


Reprodução

Reprodução

No povoado de Barra Nova, localizado na cidade de Marechal Deodoro, é comum que a maré no mês de março provoque transtornos. Em anos anteriores, imóveis próximos à “Prainha” acabaram sendo destruídos pelas águas. Nesta segunda-feira, 09, o fenômeno voltou a assustar a população e ruas, casas e estabelecimentos foram alvo dos alagamentos e da força do mar.

Algo que deve ter continuidade nesta terça, 10, pois a previsão da Marinha do Brasil é de que durante a tarde a maré voltará a estar alta, podendo atingir 2.4m de altura.

Para Gedalva de Lourdes, que possui um mercadinho no povoado, a preocupação foi reacendida em todos. “As pessoas estão preocupadas com estes alagamentos pois se percebe que as águas estão se aproximando das casas e em alguns pontos, entrando dentro delas. Os pescadores que estão constantemente tirando seu sustento dizem que se não tomarem providência a situação vai ficar feia,” comenta.

Diante disso, a Prefeitura de Marechal Deodoro, responsabilizada pelo problema por boa parte da população, emitiu uma nota com o objetivo de esclarecer alguns pontos. Confira na íntegra:

A Prefeitura de Marechal Deodoro informa que foi construída uma contenção de forma emergencial na Barra Nova, visando diminuir os impactos e o avanço da maré sobre as residências da orla. Para a construção de uma obra mais efetiva, desde o último ano, o município vem buscando ajuda do Governo Federal. Na ocasião, a Prefeitura de Marechal Deodoro elaborou projetos e apresentou-os em Brasília, entretanto, foi negado.

O município reafirma seu compromisso com a população da Barra Nova e segue buscando ajuda para resolver o problema dos moradores, que há anos sofrem com o avanço da maré.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados