Foragido da Justiça pela acusação de homicídio é encontrado e preso em Branquinha

Nesta semana, é o segundo localizado e detido pela DEIC no interior do Estado

Foragido da Justiça pela acusação de homicídio é encontrado e preso em Branquinha

Nesta semana, é o segundo localizado e detido pela DEIC no interior do Estado

Por Redação com assessoria | Edição do dia 22 de maio de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,


Foto: Reprodução / Internet

Um acusado de homicídio e que mantinha um mandado de prisão em aberto foi preso nesta quinta-feira, 21, em Branquinha. O acusado, um homem de 39 anos, teria assassinado uma vítima com uma faca peixeira, no ano passado, no mesmo município onde foi encontrado. Segundo a Polícia Civil (PC), anteriormente ele havia fugido, mas retornou a cidade.

De acordo com as investigações da PC, o crime, que ocorreu no dia 21 de março de 2019, nas proximidades do Rio Mundaú, na cidade de Branquinha (AL), teria sido motivado por uma discussão entre autor e vítima durante uma bebedeira no mesmo dia do assassinato.

O trabalho investigativo da PC demonstrou, ainda, que a vítima foi assassinada de forma bárbara, com um golpe de faca peixeira que quase chegou a degolar o pescoço, cujo corpo foi encontrado posteriormente, inclusive com a camisa utilizada pelo criminoso no dia do delito.

A prisão do acusada foi feita por agentes da Seção de Capturas, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), sob a coordenação do delegado Gustavo Henrique.

“Parabenizo mais esse excelente trabalho investigativo feito pela Seção de Capturas, e ressalto que essa é mais uma importante prisão, especialmente por se tratar de mais um homicida retirado de circulação, até porque é recomendação do secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, e do delegado-geral da PCAL, Paulo Cerqueira, que a DEIC, além do incessante combate às organizações criminosas, dê apoio a outras delegacias do Estado, sobretudo no que se refere à captura de foragidos”, destacou o delegado.

Depois da prisão, o acusado foi encaminhado à sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, onde o cumprimento do mandado de prisão foi formalizado, após foi conduzido ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados