Flamengo-RJ convida talento alagoano do handebol para disputar Brasileiro

Flamengo-RJ convida talento alagoano do handebol para disputar Brasileiro

Por | Edição do dia 11 de agosto de 2016
Categoria: Esportes | Tags: ,,,,,,


Marcelo Alves – Repórter

 

Nome: Fabrício Luan de Lima Silva. Idade: 16 anos. Altura: 1,75 m. Peso: 88 kg. Natural: Maceió-AL. Mais conhecido como Fuska, o alagoano promete ser o mais novo talento do handebol nacional. Após seis anos praticando a modalidade esportiva, o garoto chamou a atenção do Flamengo-RJ, que o convidou para defender a camisa do rubro negro carioca no Campeonato Brasileiro da categoria Juvenil. A competição nacional será disputada setembro, em Balneário Camboriú-SC.

Fuska em ação no handebol

Em entrevista à reportagem de O DiaMais, na tarde desta quinta-feira, dia 11, algumas horas antes de embarcar para o Rio de Janeiro, Fuska disse estar contente com o convite feito pelo Flamengo. Ele contou que havia recebido o chamado do time carioca no início do mês passado. Para chamar atenção da equipe rubro negra, o jovem talento alagoano contou com a ajuda dos professores de handebol Edleuza Rocha, conhecida como Didi, e João Júnior Marinho, o Juninho.

Didi que é mãe de Juninho iniciou a lapidação de Fuska nas quadras. A professora descobriu o talento do FuskFuska ao lados dos professores Didi e Juninho, mãe e filho respectivamentea quando o garoto praticava basquete. “A Didi me viu jogando basquete e me convidou para jogar handebol”, disse Fuskas. Ele disse que iniciou no handebol aos dez anos. Com o passar do tempo, Fuska passou da fase mirim para atuar na categoria cadete. Aos 16 anos passou a ser treinado pelo professor Juninho que é filho da Didi. Sob a batuta do novo treinador, o garoto teve a oportunidade de ser observado pelo Flamengo. “Foi o professor Juninho que me indicou para o Flamengo. O professor enviou alguns vídeos com meus melhores momentos atuando nas quadras. Foi a partir daí, que o clube carioca se interessou e me convidou para ir para lá (Rio de Janeiro)”, disse Fuska.  O professor Juninho é ex-atleta de handebol com passagens pela seleção brasileira juvenil de handebol e também por clubes na Europa.

Fuska disse que atua como armador esquerdo. “Sou aquele cara que joga fora da linha do chute. Eu chuto antes da linha dos nove metros. Minha média de gols é sete por partida”, disse. Ele explicou que na quadra, sua função também é chamada de chutador. Mas antes de atuar como chutador, Fuska contou que atuava como pivô.

OLIMPÍADAS

QueFuska aos dez anos quando iniciou no handebolstionado sobre o handebol olímpico, Fuska disse com propriedade que a modalidade está fazendo uma boa apresentação nas Olimpíadas que estão sendo disputadas no Rio de Janeiro. Ele disse que vai treinar e se dedicar ao handebol para tentar defender a seleção na próxima olimpíada.  Enquanto amadurece na modalidade, o Fuska possui um currículo de conquistas. Aos dez anos foi campeão em 2011 na categoria mirim no Norte-Nordeste disputado em Campina Grande-PB. No mesmo ano, levou o primeiro lugar na Copa Sesc. Em 2015, conquistou o terceiro lugar no Campeonato Alagoano da categoria cadete e terminou em sétimo atuando pela Seleção Alagoano no Nordestão, que foi disputado, em São Luis-MA. 

 

One thought on “Flamengo-RJ convida talento alagoano do handebol para disputar Brasileiro”

  1. Professor Junior disse:

    Gente não fui atleta da seleção e sim participei de acampamentos da seleção. Vamos nós atentar na oportunidade de Fabrício em jogar fora e que pensar em olimpíada é cedo , mas sonhar não paga. Abrs do Professor junior

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados