Final: CSA vai em busca do tricampeonato e CRB quer retomar a “soberania” do Alagoano

Por Thiago Luiz - Estagiário | Edição do dia 5 de agosto de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Alagoano


O quinto Clássico das Multidões seguido em decisões do Estadual. CRB e CSA decidem, às 21h desta quarta-feira (5), no Rei Pelé quem é o campeão alagoano de 2020. O Galo já é o maior vencedor da década. São cinco títulos. O Azulão vai em busca do tricampeonato. Os números demonstram a hegemonia dos clubes de Maceió em relação às equipes do interior.

Para esse jogo, tanto Eduardo Baptista quanto Marcelo Cabo devem entrar com força máxima no que se refere às peças titulares. Nos últimos quatro confrontos, o retrospecto é muito equilibrado: duas vitórias para cada lado. A final desse ano vai servir também para desempatar esses números.

Uma partida atípica. Além das limitações dos atletas pelo aspecto físico depois de quatro meses sem contato com bola, o Clássico das Multidões será sem multidão alguma. Pelo protocolo sanitário, portões fechados e nenhum torcedor nas arquibancadas do Trapichão.

Dentro de campo, a expectativa é de um jogo estudado, mais “truncado” do que o habitual.

Galo vai em busca de reverter retrospecto ruim dos últimos dois anos em decisões contra o rival. Foto: Gustavo Henrique/Ascom CRB

O CRB, comandado por Marcelo Cabo, chega à decisão com um perfil mais bem montado do que o adversário. Até porque Cabo está à frente da comissão técnica desde o final de 2019. Participou da montagem do atual elenco e conhece as peças que têm na mão. Desde a retomada do futebol, o Regatas fez quatro partidas. Foram duas derrotas, um empate e somente uma vitória. Mesmo com esse cenário, o clube chega tranquilo por já saber o que e como explorar dos jogadores.

O CSA chega “embalado” depois de golear o Murici na semi. Foto: Augusto Oliveira/Ascom CSA

Já pelo lado Azulino, o técnico Eduardo Baptista ainda está em busca de uma equipe que possa ser definida como titular. Defensivamente, o clube parece já ter encontrado o quarteto “ideal”. Além do goleiro Thiago Rodrigues, Norberto, Alan Costa, Luciano Castán e Igor Fernandes já são figurinhas carimbadas no time principal, desde a volta do futebol. Do meio para a frente, Márcio Araújo também tem se garantido. Mas jogadores como Yago, Nadson, Rafael Bilu e Allano ainda se mostram muito inconstantes.

Mesmo com esses impasses, o Azulão vem de um retrospecto recente muito positivo. Nos últimos quatro jogos, foram três vitórias [uma justamente diante do CRB] e uma derrota.

Uma vitória no jogo de hoje, além do título de Campeão do Estado, vai dar muita confiança para a sequência de trabalho dos treinadores. Até porque os times não vão ter tempo para comemorar ou lamentar. No sábado, CSA e CRB já estreiam pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira as prováveis escalações para a grande final do Campeonato Alagoano

CSA: Thiago Rodrigues; Norberto, Alan Costa, Luciano Castán e Igor Fernandes; Márcio Araújo, Yago e Nadson; Allano, Rodrigo Pimpão e Michel Douglas.

CRB: Victor Souza; Lucas Mendes, Gum, Ewerton Páscoa e Igor Cariús; Claudinei, Carlos Jatobá e Diego Torres; Magno Cruz, Erik e Léo Gamalho.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados