Fernando Pereira lança candidatura a prefeito de São Miguel dos Campos

Por Assessoria | Edição do dia 17 de setembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,


Foto: Divulgação

Com a proposta de um novo prefeito para uma nova São Miguel dos Campos e o aval de gestões transformadoras na região sul, a candidatura de Fernando Pereira (Progressistas) à prefeitura da cidade foi oficializada nesta quarta-feira (16), em convenção realizada na AABB do município.

O evento contou com a presença de populares, diversos políticos, entre eles o senador Fernando Collor, o ex-senador Benedito de Lira e o ex-deputado federal Givaldo Carimbão, lideranças comunitárias, e dos familiares e irmãos do candidato, Jó Pereira (deputada estadual); Pauline Pereira (presidente da AMA e prefeita de Campo Alegre); e Joãozinho Pereira (prefeito de Teotônio Vilela).

As experiências exitosas nos municípios geridos pela família Pereira, a exemplo de Junqueiro, comandado por Fernando por dois mandatos, e na Assembleia Legislativa de Alagoas – na qual Jó foi apontada como uma das mais atuantes parlamentares – foram citadas na maior parte dos discursos como credenciais para a candidatura majoritária em São Miguel. Pela coligação composta pelo Progressistas, PSD, PSB, PV, PMN, PROS e Podemos, foram apresentados 40 candidatos a vereador.

Fernando Pereira disse que tem visto muitos miguelenses desacreditados por conta de promessas políticas não cumpridas, mas que também sente a esperança do povo na mudança, em dias melhores para São Miguel dos Campos. Garantindo avanços na educação, saúde e geração de emprego e renda, o candidato apresentou alguns números que demonstram a queda acentuada em indicadores nessas áreas no município.

Entre 2010 e 2017 o crescimento do PIB de São Miguel foi de apenas 10%. No ranking de Alagoas de PIB per capita, o município caiu da terceira posição em 2010 para 21ª em 2017, havendo no mesmo período um grande aumento do PIB em Junqueiro, Campo Alegre e Teotônio Vilela, apontou, lembrando ainda que todas as cidades da região sul ultrapassaram São Miguel no Ideb, e que os municípios geridos pela família Pereira estão entre os dez melhores no índice da saúde básica, sendo o primeiro Teotônio; o segundo Campo Alegre e o décimo Junqueiro, ficando São Miguel em 34º lugar.

“Para fazer São Miguel dos Campos voltar a crescer e reassumir o papel de cidade polo, vamos trabalhar na atração de empresas para geração de emprego e renda, vamos tirar do papel o tão sonhado polo industrial e investir na saúde e na educação, da infância à faculdade, com a abertura de creches e escolas de tempo integral e apoiando o ensino médio e os estudantes do ensino superior”, propôs o candidato a prefeito.

Revolução administrativa

O ex-presidente da República, senador Fernando Collor, afirmou que, de Brasília, ajudará o futuro prefeito a concretizar em São Miguel dos Campos o maior programa habitacional já feito em Alagoas, para que Fernando se torne conhecido como o prefeito que mais deu casas ao povo. Ele citou também a atuação destacada de Jó na Assembleia e o fato de Pauline ser considerada a melhor prefeita do estado como exemplos do grande trabalho que a família Pereira vem realizando nos municípios circunvizinhos e do que pode realizar em São Miguel.

Candidato a prefeito da Barra de São Miguel, o ex-senador Benedito de Lira citou a trajetória política dele e do patriarca da família Pereira, o prefeitão João José, e criticou a alegação, por parte de opositores, de que Fernando seria “forasteiro: “Somos todos brasileiros, somos todos alagoanos, ninguém é da Itália ou do Japão”, disse, lembrando que Pauline foi considerada “forasteira” quando concorreu pela primeira vez à prefeitura de Campo Alegre, sendo reeleita com 84% dos votos depois de fazer uma revolução administrativa no município.

“São Miguel está entre as últimas cidades no quesito desenvolvimento, geração de emprego e qualidade de vida, por isso recebam Fernando Pereira como miguelense, para fazer aqui o que já foi feito em Teotônio, Campo Alegre e Junqueiro. Agarrem com as duas mãos a oportunidade de ter Fernando como prefeito e verão o que vai acontecer”, frisou Biu.

Em vídeo exibido durante o evento, o senador Rodrigo Cunha também focou no quanto o grupo Pereira pode contribuir para o crescimento de São Miguel dos Campos e testemunhou a atuação propositiva de Jó na Casa de Tavares Bastos, de quem foi colega na legislatura passada.

Comentários no mesmo sentido foram feitos também pelo ex-deputado federal Givaldo Carimbão: “Agradeço a Deus por mandar para essa terra pessoas comprometidas, os melhores prefeitos, a melhor prefeita de Alagoas, Pauline Pereira, e a deputada de maior destaque na Assembleia. Acreditem: se for Pereira, qualquer um serve”, brincou o ex-parlamentar.

União

Ao lado de Jó e Pauline, Joãozinho Pereira frisou que a união dos irmãos é o maior patrimônio deixado pelo pai e lembrou que todos eles têm história em São Miguel dos Campos, cidade na qual o prefeitão João José atuou, no posto do INSS, e onde o próprio Joãozinho trabalhou, na Usina Roçadinho.

Sobre a mudança que São Miguel dos Campos precisa, Joãozinho destacou que “é importante sonhar, mas é ainda mais importante a realização dos sonhos. Há quatro anos fizeram os miguelenses sonharem com um polo industrial, com empregos, e quatro anos depois entregaram um pesadelo. Fernando tem programa de governo e vai cumprir a risca, vai entregar a realização dos sonhos ao povo e não um pesadelo”, garantiu.

Pauline reforçou a unidade familiar, criticou as “fake news” que têm circulado na cidade e convidou os miguelenses a ouvir os moradores e conhecer a realidade dos municípios geridos pelo grupo Pereira. Ela também falou um pouco sobre suas gestões à frente da prefeitura de Campo Alegre, quando o orçamento do município cresceu de R$ 62 milhões para R$ 147 milhões.

Lembrando que, por pouca diferença, foi a segunda deputada estadual mais votada em São Miguel, Jó Pereira disse que esse foi um sinal de que a cidade queria os Pereira: “Fizemos uma campanha limpa, não compramos a dignidade do povo e agora trazemos propostas de futuro e de transformação. Nessa eleição São Miguel tem dois caminhos, o certo e o errado, o caminho do desenvolvimento do município que já foi cidade polo, o caminho de investimentos na saúde na educação ou o caminho do desemprego. Tenho certeza que o povo já escolheu o melhor caminho, que é a verdadeira mudança, e vamos fazer São Miguel voltar a crescer, fazer da região sul a mais desenvolvida de Alagoas, com São Miguel partilhando desse desenvolvimento”.

A convenção contou ainda com discursos da ex-prefeita de Roteiro, Maria Helena Jatobá, referendando a união dos Pereira para resgatar a dignidade do povo miguelense; do candidato a vice-prefeito, Maxwell da Saúde, que disse estar emocionado por integrar a chapa de uma das famílias mais atuantes de Alagoas; e de Jean Carlos e Yasmin Anacleto. Representando a juventude de São Miguel, a dupla frisou que Fernando Pereira é o caminho para a derrubada das barreiras do desemprego, da falta de foco e de estratégia: “Onde a família Pereira governa leva emprego, desenvolvimento e educação”.

Sobre o candidato

Empresário, Fernando Pereira tem 38 anos, é casado com Ana Luiza Tavares Pacheco Pereira, com quem tem dois filhos, Izadora, de sete anos e Fernando Filho, de dois anos. Ele foi prefeito de Junqueiro por duas vezes, quando o município conquistou o 5º melhor IDEB de Alagoas, além de obter avanços significativos na área da saúde.

Também foi secretário de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social, quando retomou o programa das Cestas Nutricionais para Gestantes, beneficiando mais de 25 mil famílias, e secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, ocasião em que acelerou projetos e ampliou programas de acesso à água potável, como o Programa Cisternas e a perfuração de poços.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados