Feirinha do Tabuleiro: Primeira semana de videomonitoramento registra 41 infrações

Número de autuações é resultado das ações realizadas no local

Feirinha do Tabuleiro: Primeira semana de videomonitoramento registra 41 infrações

Número de autuações é resultado das ações realizadas no local

Por Redação com assessoria | Edição do dia 29 de outubro de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,


A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) divulgou o balanço da primeira semana de operações da fiscalização por vidomonitoramento na Feirinha do Tabuleiro. Foram registradas 41 infrações pelos condutores, número considerado baixo pelo Núcleo de Operações Integradas (NOI) e resultado das ações educativas realizadas pelo órgão.

Número baixo de autuações é resultado das ações educativas realizadas no local. Foto: Jooh Vitor/Ascom SMTT.

“O principal fator apontado pelo núcleo para esse quantitativo, se deve à presença de equipes durante todas as fases de implementação da fiscalização. As intervenções foram complementadas com o sistema de videomonitoramento, que também é operado por agentes de trânsito”, destacou o Coordenador do Núcleo de Operação Integrada (NOI), Patrick Calado.

O levantamento realizado pelo órgão apontou que 21 autuações foram por estacionar impedindo a movimentação de outros veículos, 12 por estacionamentos em vagas destinadas a carga e descarga, sete por estacionar afastado da guia da calçada a mais de um metro e uma infração por estacionar em fila dupla. As penalidades variam e resultam na aplicação de pontuação nas Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH): leve (3 pontos), média (4 pontos), grave (5 pontos); com aplicação de multas R$ 88,38, R$ 130,16 e R$ 195,23, respectivamente. Em alguns casos, pode ocorrer a remoção dos veículos.

O superintendente municipal de transportes e trânsito, André Costa, realizou uma visita técnica ao local, acompanhado por integrantes de diversas áreas para verificar o comportamento dos condutores, ouvir os trabalhadores e frequentadores sobre as alterações realizadas nas vias.

“Implementamos o videomonitoramento na feirinha para auxiliar na fiscalização, garantir a segurança para todos e evitar irregularidades como veículos transitando na contra mão ou estacionamentos em lugares proibidos, porque atrapalha na fluidez do trânsito. Nosso objetivo é proporcionar cada vez mais, comodidade e segurança para a população”, comentou o titular da pasta.

O superintendente aescentou ainda que as medidas executadas pelo órgão, além de melhorar a fluidez do trânsito, também beneficiam os comércios locais garantindo a acessibilidade dos condutores que buscam o centro de compras.

José Sebastião é feirante há 23 anos e destaca as melhorias. “Antes não tinha organização e isso atrapalhava muito os feirantes e quem vinha fazer compras também. Essas mudanças que foram feitas, melhoraram cem por cento o trânsito, pois agora o caminhão já tem o lugar certo para descarregar. Agora com o videomonitoramento os condutores estão obedecendo a lei e a ordem”, comentou.

O empresário Jorge Arcanjo vai para feirinha, em média, duas vezes por semana e comentou sobre as intervenções. “O movimento aqui é muito grande. Antes das mudanças eu já fiquei preso aqui cerca de meia hora, por conta de um carro que estava fechando o meu veículo, tive que sair procurando o dono e não o encontrei. O monitoramento é importante porque regulamenta para que tudo se organize da melhor forma possível.

Outras alterações

Há pouco mais de dois meses, a SMTT realizou intervenções para reordenar o trânsito no local. Modificações, como alteração nos sentidos das vias, sinalizações, espaços destinados para táxis, estacionamentos e carga e descarga de mercadorias, tiveram o objetivo de proporcionar mais mobilidade e segurança viária para os frequentadores da feira. Alguns ajustes foram realizados, com base no diálogo com frequentadores durante as visitas técnicas realizadas, além de reuniões com representantes de feirantes e comerciantes do local.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados